domingo, 17 de janeiro de 2016

Baixada Fluminense ganhará novos shoppings em 2016

Novo Shopping de Nova Iguaçu será inaugurado em Abril


(Blog do Rafael Oliveira - 17 de Janeiro de 2016) Nova Iguaçu é a cidade da baixada fluminense que mais cresceu nos últimos anos e com isso os empresários começaram a investir em uma nova cidade, incluindo a inauguração de um novo shopping e uma melhoria no atual TopShopping.

A inauguração do Shopping Nova Iguaçu será no dia 28 de abril de 2016, às 17h, o mais novo centro comercial da Baixada Fluminense abrirá suas portas com 250 lojas, sendo 8 âncoras e 17 megalojas, além de praça de alimentação com 35 operações e 5 restaurantes. Área de jogos eletrônicos e complexo de cinema com sete salas Kinoplex também estão previstos para a inauguração.

Haverá também uma megapiscina de bolinhas para adultos e crianças no primeiro piso para garantir a diversão de todos. Serão 45.000 m² de área bruta locável.

Cerca de 65% das obras já estão concluídas. Esse será o único shopping do mundo construído em uma pedreira. O shopping vai gerar 11 mil empregos, sendo 2500 permanentes. O custo é de R$ 400 milhões.

O shopping pertence a Ancar, mesma proprietária de shoppings cariocas como RioDesign, Nova América, Downtown e Botafogo Praia Shopping. Além do Conjunto Nacional (Brasília), Iguatemi (Porto Alegre), entre outros.

O Top Shopping também está em obras e deve aumentar de tamanho, além de ficar com um ar mais moderno por fora e por dentro.  Serão construídos também shoppings em Mesquita, Duque de Caxias e Queimados

O maior desses será o Shopping Dutra que ficará ao lado do viaduto de Belford Roxo, em Mesquita. Promete ser o maior da baixada e terceiro maior do Estado. Serão 290 lojas, 10 salas de cinema Cinépolis e um Hipermercado. Haverá também seis torres comerciais (1.560 salas) e 2.400 vagas no estacionamento. Serão 2 mil empregos diretos. O investimento é R$ 420 milhões e a inauguração está marcada para Outubro de 2016.


sexta-feira, 15 de janeiro de 2016

Mais um capítulo de Brasil e os Impostos

Fui agora pagar o IPVA e me surpreendi com o valor absurdo, mesmo pagando a vista. Nos Estados Unidos, por exemplo, o equivalente ao nosso IPVA (Motor Vehicle Excise Tax) é US$ 170 (Em Chicago por um Porshe). Sendo que o meu carro zero custaria 13 mil reais a menos nos EUA a vista ou 46 mil a menos parcelado, desconsiderando o valor atual do dólar.

Isso sem contar os muitos outros impostos absurdos no Brasil, tanto para pessoas físicas como para empresas (que acaba somando-se ao preço do que compramos). No Brasil mesmo temos 2,33% de impostos em cada quilo de açúcar, sendo que nos Estados Unidos este e outros produtos da cesta básica não possuem imposto. Nem vou falar o valor de um imposto no Iphone, por exemplo.

Apesar dos cortes nos orçamentos, educação, saúde e até o desejo de uma reforma nos direitos trabalhistas adquiridos do brasileiro, o orçamento de gastos no Congresso não sofrerá mudanças para 2016.
 
Cerca de 41% do salário dos brasileiros vai para pagamento de impostos diretos, enquanto que
nos EUA a porcentagem é de 25,8% do salário. E o PT, Dilma e os demais deputados querem criar mais impostos e voltar com a CPMF.

Esse é o preço que os EUA não pagam para o brasileiro ter universidades de ponta, escolas públicas de primeiro mundo, estradas sem buraco e quebra-molas bem feitos, segurança pública, salários dignos, qualidade de vida e políticos eficientes.

Cristo Redentor faz rápida aparição em série da Netflix

Demolidor: Cristo Redentor aparece nas costas do herói em novo teaser




Demolidor é um dos seriados originais da Netflix de maior sucesso da atualidade. Muitos aguardam ansiosamente a segunda temporada que vai para as telinhas (de smart tv), computadores e celulares ainda esse ano.

No novo teaser, aparece o protagonista de costas com a projeção dos principais pontos turísticos do mundo e um dos primeiros a aparecer é o incônico Cristo Redentor.

A segunda temporada de Demolidor, segundo redes de noticias, está marcada para o dia 25 de Março desse ano para os assinantes da Netflix, mesmo dia em que chegará aos cinemas americanos o filme Batman Vs Superman: A Origem da Justiça, da Warner/DC.

Assista a baixo o vídeo citado nessa reportagem:


Daredevil - Now Streaming Worldwide - Only on Netflix
Across the globe, the streets just got safer. #Daredevil #NetflixEverywhere
Posted by Marvel's Daredevil on Wednesday, January 6, 2016

quarta-feira, 13 de janeiro de 2016

Prefeitura retirará 2 mil ônibus do Rio

Prefeitura vai tirar 2 mil ônibus das ruas para garantir meta de 100% com ar-condicionado



(Blog do Rafael Oliveira - 13 de Janeiro de 2016) A Prefeitura prometeu há algum tempo que renovará toda a frota de ônibus do Rio de Janeiro, deixando-os mais confortáveis e com ar-condicionado. Isso é o que, segundo eles, explica a crescente alta dos preços das tarifas na última década.

Para cumprir a meta de 100% dos ônibus refrigerados até o fim de 2016, a prefeitura anunciou que retirará aproximadamente 2 mil ônibus das ruas da cidade que ainda não estão com os aparelhos de refrigeração — sem substituí-los. Isso mesmo que você leu. Essa quantidade corresponde a 25% da frota atual, que é de pouco mais de 8,5 mil.

Segundo Rafael Picciani, secretário municipal de Transportes, a previsão leva em conta a “racionalização das linhas”, que acompanha a expansão do BRT.

— A racionalização do sistema, a frota dos ônibus comuns será reduzida em cerca de dois mil. Com isso, esperamos alcançar a meta — disse o secretário.

O secretário diz que o BRT e demais meios de transporte serão o suficiente para a mobilidade urbana no Rio, além que será um meio para melhorar o trânsito no Rio. As regiões mais contempladas serão as zonas Norte e Oeste. Muitos passageiros comemoram.

"Estamos nessa promessa há anos. Com o preço que pagamos (de tarifa) e com o calor do Rio de Janeiro, o ar é mais que um luxo, é uma necessidade" - Relatou Maria de Fátima, moradora da Tijuca para o nosso blog.

"Será muito bem vindo, espero que cumpram (a promessa)" - Relatou Thiago Lucas, morador de Jacarepaguá para o nosso blog.

O anúncio de retirada de ônibus das ruas, no entanto, ameaça passageiros que já enfrentam a escassez de veículos.

"Todo dia tem esse problema. E o ônibus é sujo, o assento fica caindo. Como sonhar com ar-condicionado se o é ônibus assim?" — questiona Carmem Lúcia para o Jornal Extra.

"Tem dias que eu espero mais de 1 hora para poder ir trabalhar. Imagina agora" - Disse Douglas Ferreira para o nosso blog.

Mesmo com a decisão da Secretaria de Transportes. O Prefeito Eduardo Paes admitiu essa semana que é bem provável que não tenhamos 100% dos ônibus climatizados.

— Queremos muito chegar a 100%, mas se chegar a 80%, 90% (...) Se não deixar com 100%, vamos chegar perto. - Relatou o Prefeito do Rio de Janeiro.

terça-feira, 12 de janeiro de 2016

Obras na Avenida Rio Branco

Avenida Rio Branco será interditada para obra do VLT



(Blog do Rafael Oliveira - 12 de Janeiro de 2016) A Avenida Rio Branco, uma das mais famosas do Centro do Rio de Janeiro, será interditada a partir do dia 16 por 600 metros para a continuação da obra do VLT (Veículo leve sobre Trilhos). As obras serão na esquina com a avenida Nilo Peçanha ao cruzamento com a rua Santa Luzia.

Haverá mudanças significativas no trecho, conforme os leitores desse blog leram ao decorrer desses anos no projeto. A região será um novo passeio público, com acesso exclusivo a pedestres e ciclistas e veto definitivo a carros, ônibus, táxis e motocicletas, segundo o projeto oficial da Prefeitura do Rio de Janeiro.

Batizado de "Boulevard da Rio Branco", o passeio ocupará um espaço de grande relevância cultural. Nele ficam o Theatro Municipal, a Biblioteca Nacional, o Palácio Pedro Ernesto (Câmara de Vereadores), o Museu Nacional de Belas Artes, a Cinelândia e o Centro Cultural da Justiça Federal. A avenida também receberá uma ciclofaixa de 30km e um canteiro central, com calçamento de paralelepípedos, trechos gramados e passagens de pedestres em granito.

A famosa avenida brasileira, a mais histórica do país, completou 110 anos em novembro passado. Haverá placas sinalizando as mudanças para pedestres e motoristas já nos próximos dias. Ao todo, 82 linhas serão afetadas pela mudança e terão as rotas alteradas a partir do próximo sábado (16 de Janeiro).

A Companhia de Desenvolvimento Urbano da Região do Porto do Rio de Janeiro (Cdurp) informou que o VLT começará a operar no primeiro semestre deste ano, entre a Rodoviária Novo Rio e o Aeroporto Santos Dumon. Mas não anunciou o mês. A previsão é que o transporte já estará operando antes da Olimpíada, que começará em 5 de agosto. Ainda não há valor confirmado para a tarifa.

A bilhetagem será feita "de forma eletrônica e voluntária", como ocorre em países da Europa. O VLT, que circulará em uma velocidade média de 15km/h, será integrado com o sistema de ônibus. A meta é que o trânsito na área diminua em pelo menos 30% com o novo sistema. Haverá 32 paradas em 28 km de vias espalhadas pelo Centro e pela Zona Portuária. Haverá integrações com a Supervia, Barcas e metrô.

As obras ajudam na revitalização no Centro do Rio, que não recebe investimentos fortes há décadas, além de auxiliar os comerciantes da região, impulsionar o turismo e a riqueza cultural da região que já foi o maior calçadão cultural da América do Sul.

sexta-feira, 8 de janeiro de 2016

Exposição Grega em Campo Grande

ParkShopping Campo Grande terá exposição gratuita da cultura grega




Comentamos nessa semana que o Barra Shopping preparou, para o mês de janeiro, uma exposição baseada na sétima arte. A Multiplan (empresa proprietária do BarraShopping) preparou também uma atração especial para o seu outro shopping na zona oeste.

O ParkShopping Campo Grande recebe desde hoje uma mostra gratuita com o título “Legados da Grécia”. Se você gosta da cultura e história grega, o shopping de Campo Grande preparou uma exposição que convida o visitante a uma verdadeira viagem nos quatro mil anos de história da cultura grega.

A mostra estará exposta até 14 de fevereiro, contando com mais de 150 artefatos e esculturas inspirados em objetos que hoje se encontram nos principais museus do mundo. Essa é uma mostra exclusiva e inédita que irá para outras cidades brasileiras nos próximos meses.

As peças estarão nos dois andares do shopping, incluindo uma maquete do Partenon com 1,80m de comprimento. Haverá estátuas de Vênus, Prometeu, Hércules e até mesmo os 12 deuses do Olimpo, sem contar um cavalo de Tróia de 5 metros. Os visitante poderão contemplar o labirinto do minotauro, o oráculo dos elfos e um espaço greco-olímpico.

O Park Shopping Campo Grande está na Estrada do Monteiro, Campo Grande, zona oeste do Rio de Janeiro. A entrada para a exposição é gratuita.

Abaixo está a propaganda:


Museu do Amanhã é sucesso global

Museu do Amanhã é destaque na imprensa internacional



(Blog do Rafael Oliveira - 08 de Janeiro de 2016) Foram cinco anos de obras, 55 mil toneladas de concreto, 22 mil de areia, um grande investimento e uma espera de vários brasileiros amantes de cultura e ciência para o mais esperado ponto turístico da década no Brasil.

Esse é o Museu do Amanhã que abriu as suas portas no último mês. Desenhado pelo espanhol Santiago Calatrava, a arquitetura do prédio, que para alguns parece flutuar sobre a Baia de Guanabara, está fazendo sucesso entre os críticos internacionais.

A missão do museu é fazer o visitante refletir sobre como suas atitudes moldam o futuro da Terra. Como o museu não possui "bola de cristal", seu conteúdo será modificado à medida que previsões e dados forem atualizados. O centro de pesquisa conta com o apoio de 80 entidades brasileiras e estrangeiras.

Para o jornal britânico The Guardian, a construção é “uma das mais extraordinárias do mundo” e “parece destinada a ser um dos pontos turísticos mais famosos do Rio”.

A BBC também elogiou a obra e destacou que o museu foi construído em uma área antes degrada e abandonada, mas que tem o propósito de revitalizar a Zona Portuária. A BBC também lembra que a região receberá o VLT (Veículo Leve sobre Trilhos), o Museu de Arte do Rio (MAR) e o Aquário Marinho do Rio (AquaRio).  

Nessa semana, o "The Guardian" voltou a falar do museu e o destacou como um 10 melhores novos museus do mundo. 

O museu está recebendo uma média de 20 mil pessoas por final de semana. Mesmo com o tempo na fila (uma hora e meia, na média), a grande maioria das pessoas estão maravilhadas com o conteúdo do museu. O museu abre de terça-feira a domingo, de 10h às 18h. 

A entrada custa R$ 10 a inteira e R$ 5 a meia. Há gratuidades para alunos da rede pública, crianças até 5 anos, pessoas a partir de 60 anos, professores da rede pública, entre outros grupos. Nas terças-feiras, o ingresso é gratuito para todos.

quinta-feira, 7 de janeiro de 2016

CineOlaria estará de volta

Cine Olaria vai reabrir mais moderno e com apartamentos




(Blog do Rafael Oliveira - 7 de Janeiro de 2016) Assim como aqui publicamos há alguns anos, a Prefeitura tem projetos para revitalizar os cinemas mais tradicionais da nossa cidade.

O Cine Olaria é um desses. Assim como o Odeon, o tradicional cinema de Olaria será modernizado pela Severiano Ribeiro e receberá também outras atrações, como uma SmartFit e apartamentos residenciais.

A ideia é valorizar a região, além de trazer mais lazer e cultura para a população da zona norte. As obras estão com a administração da  Sergio Castro Imóveis

quarta-feira, 6 de janeiro de 2016

Transformers na Barra da Tijuca

 Barra Shopping abre exposição do Transformers

 

(Blog do Rafael Oliveira - 06 de Janeiro de 2016) A partir de sexta-feira (8 de janeiro), o Barra Shopping receberá uma exposição gratuita do filme  Transformers.

Serão nove esculturas gigantes dos personagens que estarão espalhadas pelo shopping.  Os fans e curiosos poderão contemplar o Optimus Prime, Fallen, Optimus Prime, Hound, entre outros.  Um dos dinossauros chega a cinco metros de altura e 12 de comprimento.  Haverá também seis telas touchscreen com aplicativos relacionados à série e aos seus personagens.

A exposição ficará no mais famoso shopping do Brasil até o dia 31 de janeiro.

Crise no Brasil ainda pode piorar

 Jornais estrangeiros têm tom de pessimismo a política brasileira

 


(Blog do Rafael Oliveira) O ponto inicial dessa reportagem tem base na publicação feita ontem pelo jornal britânico Financial Times com o título " Com Macri e Dilma no poder, Argentina e Brasil estão trocando de lugar".

Não é segredo que durante os 12 anos de Kirchner no poder, a Argentina viveu seu pesadelo econômico, uma situação bem parecida com a do Brasil de hoje.

"Em menos de um mês na presidência da Argentina, Mauricio Macri promoveu uma mudança radical em vários pilares que sustentaram a política econômica em 12 anos de kirchnerismo, especialmente na última etapa do Governo de Cristina Kirchner"

A questão agora é que o próprio periódico britânico chega a afirmar que a Argentina está se tornando uma promessa mundial com o seu novo presidente, enquanto o Brasil está cada vez mais próximo de uma crise cada vez mais real.

O jornal ainda comenta que a atual situação de Dilma e a saída de Joaquim Levy do Ministério da Fazenda geram questões adicionais se "o país ainda pode se governar".  Alguns economistas britânicos acreditam que o real deva atingir os R$ 5,00 ainda nesse primeiro semestre.

"É cedo, mas se Macri cumprir suas promessas, os argentinos poderão ter em breve outro motivo para se vangloriarem" - Afirmou o FT.

O The Economist, um dos maiores do ramo no mundo, já escolheu a sua primeira capa de 2016: "A Queda do Brasil". A revista está com várias críticas ao governo brasileiro e as questões econômicas do país, como a redução da nota de crédito do país por duas agências de classificação de risco e a demissão de Joaquim Levy do Ministério da Fazenda após menos de um ano à frente da pasta. Outro caso que a revista lembra é a corrupção da Petrobrás, as previsões baixas de crescimento menor que a própria Russia. O jornal fala que o país precisa tomar decisões imediatas para sair da crise e conclui com a seguinte frase: "Neste momento, Dilma Rousseff não parece ter estômago para elas.". Se o Brasil não conseguir sair dessa crise, haverá um grande desastre econômico, perca dos ganhos sociais,  uma dívida enorme e muitos caminhando na direção da extrema pobreza.

"O Brasil deveria começar 2016 de forma exuberante. (...)O Rio de Janeiro será sede da Olimpíada em agosto, dando aos brasileiros a chance de embarcar no que fazem de melhor: uma festa realmente espetacular. Mas, apesar disso, o Brasil encara um desastre político e econômico"

O The Economist é o mesmo jornal que há algum tempo publicou em sua capa uma foto do Cristo Redentor decolando e rasgando muitos elogios a favor da economia brasileira.

Alguns até tentam acreditar que a crise ainda não chegou, mas é cada vez mais claro a redução do PIB, aumento da inflação, baixo crescimento da indústria, entrada de capital estrangeiro e menos vagas de emprego, tudo isso causado por decisões administrativas erradas do Governo Federal na época que o Brasil estava em "alta". Vamos torcer que uma decisão inteligente seja tomada antes que seja tarde demais, até lá o Brasil é um dos 10 maiores riscos financeiros do mundo.
Com Macri e Dilma no poder, Argentina e Brasil estão trocando de lugar, afirma FT - InfoMoney
Veja mais em: http://www.infomoney.com.br/mercados/politica/noticia/4498499/com-macri-dilma-poder-argentina-brasil-estao-trocando-lugar-afirma

terça-feira, 5 de janeiro de 2016

Sucesso no Réveillon carioca em 2016

Ocupação dos hotéis no Rio de Janeiro confirmam sucesso e recorde



(Blog do Rafael Oliveira - RJ - 5 de Janeiro de 2015) Apesar da crise financeira e político-administrativa do país, o turismo carioca vive momentos de alegria. A taxa de ocupação dos hotéis do Rio de Janeiro durante o réveillon superou as expectativas dos empresários do setor.

Foram 90% das vagas nos hotéis de Copacabana, Ipanema e Leblon lotados para a festa de ano novo. Nos hotéis cinco estrelas, o índice chegou a 98%. Na virada de 2014 para 2015, a mesma taxa foi de 73,89%. Na virada de 2014 para 2015, a mesma taxa foi de 73,89%. Sem contar a quantidade de pessoas que alugaram apartamentos de temporada ou ficaram na casa de amigos ou parentes.

"Foi o melhor réveillon dos últimos tempos, a cidade teve uma das mais altas taxas de ocupação e um número maior de oferta de quartos. Temos 40 mil e vamos ganhar 2 mil até as Olimpíadas", celebrou o secretário municipal de Turismo, Antônio Pedro Figueira de Mello.

Apesar dos altos investimentos da Prefeitura para as comemorações da virada do ano. O rio recebeu nesta virada 857 mil turistas, que injetaram na economia da cidade US$ 686 milhões (cerca de R$ 2,7 bilhões).

A festa de réveillon de Copacabana levou cerca de 2 milhões de pessoas para a praia mais famosa do Brasil. Este ano, a queima de fogos durou 16 minutos e fez uma homenagem aos 100 anos do samba e aos Jogos Olímpicos 2016.

A praia do Flamengo também foi sucesso absoluta com 400 mil pessoas. Veja abaixo o sucesso de outras viradas do ano ainda no Rio de Janeiro:

ILHA DO GOVERNADOR - PRAIA DA BICA - 70 MIL PESSOAS
PAQUETÁ - PRAIA DA MORENINHA - 4 MIL PESSOAS
SEPETIBA - PRAIA DO RECÔNCAVO - 40 MIL PESSOAS
PARQUE MADUREIRA - 60 MIL PESSOAS
RAMOS - PISCINÃO - 30 MIL PESSOAS
PENHA - IAPI - 20 MIL PESSOAS
GUARATIBA - RUA BARROS DE ALARCÃO - 20 MIL PESSOAS

O sucesso do turismo e do show da virada não está apenas na Cidade Maravilhosa. A Praia de Icaraí em Niterói, Região Metropolitana, com 500 mil pessoas que lotaram a praia mais famosa de Niterói.

A queima de fogos na praia do Forte, em Cabo Frio, teve 17 minutos de espetáculo e mais de 800 mil pessoas nas areias da praia.

O turismo de Cabo Frio também tem muito a comemorar. A ocupação chega a quase 100% dos hotéis da cidade. Não há vaga para os primeiros 15 dias de Janeiro.

O sucesso segue também as demais cidades da Região dos Lagos. Búzios mesmo contou com 60 mil pessoas hospedadas apenas na virada do ano e espera ainda mais pessoas para o mês de Janeiro.

O primeiro final de semana do ano também foi sucesso em Petrópolis. Tanto na Rua Teresa (tradicional logradouro da moda fluminense) como na região turística/histórica.

Não sobram dúvidas que o Rio está preparado para o sucesso desse ano olímpico.

Foto extraída da revista CONTIGO! do Réveillon do Copacabana Palace Hotel

segunda-feira, 4 de janeiro de 2016

Ônibus, trem, barca e táxi mais caros no RJ

Tarifas de ônibus ficam mais caras no Rio de Janeiro


(Blog do Rafael Oliveira - RJ) A passagem de ônibus no Rio de Janeiro ficou mais cara neste sábado (2). Houve um reajuste de 11,7% no bilhete rodoviário da cidade, passando de R$ 3,40 para R$ 3,80. O preço é o mesmo para quem usa o Bilhete Único.

Segundo a Prefeitura, o aumento do preço da passagem faz parte do reajuste anual obrigatório, a nova tarifa inclui a revisão parcial do contrato. O cálculo foi feito com base em índices da FGV e do IBGE.

As tarifas intermunicipais também ficarão mais caras. A básica passará de R$ 3,15 para R$ 3,50. Os preços entram em vigor a partir de 10 de janeiro. Já o Bilhete Único Intermunicipal passará atuais R$ 5,90 para R$ 6,50.

Em fevereiro, entrarão em vigor as novas tarifas de trens e barcas. Na quarta-feira (30), a Agetransp autorizou as concessionárias CCR Barcas e Supervia a aumentarem o valor dos bilhetes. A passagem das barcas passará de R$ 5 para R$ 5,60 e dos trens de R$ 3,30 para R$ 3,70.

A bandeirada do táxi convencional também sofrerá mudança. O valor passará de R$ 5,20 para R$ 5,40 e cada quilômetro rodado. O valor custará R$ 2,30, na bandeira 1, e R$ 2,76, na bandeira 2. A hora parada aumentou para R$ 28,98.  

Mudanças da sede das secretarias do Estado

Prédio na Cidade Nova poderá abrigar administração do estado 



Um dos endereços cotados para abrigar o novo centro administrativo da administração estadual - anunciado pelo governador Luiz Fernando Pezão como parte do choque de gestão com o qual pretende cortar mais R$ 1,5 bilhão este ano - é o edifício ECO Sapucaí, na Cidade Nova. Mais conhecido como "prédio da Brahma" - por ficar no local onde funcionou um antigo edifício da cervejaria, demolido para a ampliação do Sambódromo -, o imóvel poderá abrigar as secretarias, autarquias e fundações do estado, cumprindo um papel que já coube ao antigo Banerjão, na Rua da Ajuda, vendido para a Assembleia Legislativa. O governo negocia a locação do imóvel com a Hemisfério Sul Investimentos, proprietária do prédio, enquanto estuda uma outra opção, que não foi divulgada. Mas a ideia, segundo Pezão, é reduzir em cerca de R$ 100 milhões os gastos mensais só com despesas de vários órgãos com aluguel e manutenção predial.

- Entre as possibilidades, está o prédio da Brahma, no Sambódromo. A gente gasta hoje cerca de R$ 70 milhões por ano com aluguéis. Além de ter boa localização, o prédio reúne condições de abrigar todas as secretarias, centralizando em um só local os serviços de segurança e limpeza. Racionalizando esses gastos, acho que diminuo aí uns R$ 20 ou R$ 30 milhões - explicou o governador.

Um dos últimos projetos de Oscar Niemeyer, tirado do papel pelo escritório do arquiteto Ruy Rezende, o edifício, que é todo envidraçado, tem 80 metros de altura, 19 pavimentos e área de aproximadamente 130 mil metros quadrados. A ideia de Pezão é transferir para o prédio as secretarias de Saúde, Desenvolvimento Econômico, Obras, Cultura, Ciência e Tecnologia, Habitação, Transportes e Trabalho, além de instituições como a Faetec e a Fundação Saúde, que hoje funcionam em imóveis alugados.

Nos próximos dias, o governador deverá anunciar uma série de medidas para reduzir os gastos do governo e enxugar o orçamento, conforme anunciou neste domingo em entrevista ao GLOBO. Entre elas, está a extinção de 20 autarquias e empresas e a revisão de contratos com Organizações Sociais e outros serviços terceirizados. Além disso, foi aprovado pela Assembleia Legislativa um reajuste de impostos, como o ICMS, e de taxas de serviços alfandegários.

 

Passagem mais cara em Petrópolis

Passagem de ônibus sobe para R$ 3,50 em 2016 em Petrópolis



(Blog do Rafael Oliveira) Os trabalhadores de Petrópolis acordaram nessa manhã de segunda pagando mais caro no transporte público de sua cidade. O valor da tarifa de ônibus sobiu de R$ 3,20 para 3,50. O aumento de 9% foi decidido pelo Conselho Municipal de Transportes (Comutran) e aprovado pelo prefeito Rubens Bomtempo no início de dezembro. Com a alteração no valor as empresas de ônibus deverão renovar suas frotas, segundo contrato de concessão. Petrópolis conta atualmente com uma frota de 370 ônibus, divididos em seis empresas.


LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Curta o nosso site com o facebook e Google+