Eleições 2016: Prefeitura do Rio de Janeiro

Crivella tem 51% das intenções de voto contra 25% de Freixo


A pesquisa Ibope, divulgada nesta segunda-feira (10), aponta que o candidato Marcelo Crivella (PRB) tem 51% das intenções de voto na disputa pela Prefeitura do Rio de Janeiro, enquanto o candidato Marcelo Freixo (PSOL) registrou 25%.

https://2.bp.blogspot.com/-f8ul4pVa4EQ/V7zYLMAz-KI/AAAAAAAC0ro/koDw7mjZRNAWSKDu09gpb2M5u7ykeYL3gCLcB/s1600/crivella-elei%25C3%25A7%25C3%25B5es-2016-prefeito-do-rio.jpg

Segundo a pesquisa, 21% dos entrevistados declararam que vão votar em branco ou nulo. Outros 3% afirmaram não saber em quem votar.

Considerando apenas as intenções de votos válidos, que excluem brancos e nulos, Crivella tem 67%, contra 33% de Freixo. O Ibope ouviu 1.001 eleitores entre os dias 4 e 10 de outubro. A margem de erros é de três pontos percentuais para mais ou para menos.

A pesquisa também avaliou a administração do atual prefeito, Eduardo Paes (PMDB). A administração é considerada regular por 38% dos entrevistados, ruim ou péssima por 34%, ótima ou boa por 26% e outros 2% não souberam ou preferiram não responder.

Crivella pretende, pelo menos em suas palavras, colocar a Guarda Municipal nas ações de policiamento comunitário, criar um programa de saúde dedicada a especialidades médicas, municipalizar 16 UPAs e construir 20 unidades novas, ele pretende ampliar o período do Bilhete Único para 3 horas e levar o BRT Transcarioca até a Ilha do Governador, também pretende criar mais vagas em creche (20 mil) e 40 mil nas pré escolas, com apoio da iniciativa privada para modernização das escolas. O candidato pretende também reduzir os atuais níveis de pobreza, aumentar os recursos anuais na saúde, obrigar os hospitais públicos a realizerem jornada noturna, aprofundar o sistema de meritocracia através do qual os professores podem ganhar salários adicionais ao final do ano, dependendo do atingimento das metas de resultado de seus alunos no IDEB, criar estacionamentos subterrâneos em locais estratégicos (Copacabana, Ipanema, Leblon, Madureira, Meier, Tijuca, Bangu, Jacarepaguá e Campo Grande), reduzir o número de radares pela cidade, reduzir o número de secretarias da cidade, criar um parque entre Bangu e Campo Grande (estilo Parque de Madureira),

Diferente que Freixo anuncia em sua propaganda política, Crivella promete que não há interesses de colocar Garotinho com cargo em seu governo. Diferente que alguns também falam, o Prefeito não tem poder para a liberação da maconha nas cidades.

Freixo já pretende, em suas palavras, criar uma empresa estatal de transportes e implementar o passe livre, fazer uma reforma tributária no governo, criar um banco municipal para subsidiar empresas, aumentar a quantidade de funcionários públicos na cidade através de um projeto de reestatização da economia, aumentar a quantidade de órgãos públicos, acabar com a lei de responsabilidade fiscal, colocar o salário do vereador igual ao de um professor, tarifa zero para transportes públicos, criar cotas de emprego para transexuais em todas as empresas, proibir a guarda municipal de usar armas de fogo, favorecer a liberação da maconha com apoio do Governo Federal, controlar o preço dos alugueis, aumentar a iluminação nas cidades para combater a violência, obrigar a escola a discutir assuntos políticos como incentivar panfletos sobre orientação sexual desde a pré-infância, entre outros, como podemos ver em seu plano de governo e no folder informativo.

Postar um comentário

Clique aqui para deixar um comentário. Caso você não tiver uma conta Google, assine o seu nome abaixo.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Curta o nosso site com o facebook e Google+