Parque Olímpico da Barra pós 2016

Parque Olímpico será reaberto parcialmente no fim do ano


Parque Olímpico, na Barra da Tijuca, voltou a funcionar na última sena com as competições da Paralimpíada do Rio. Mas a contagem regressiva para reabrir pelo menos uma parte da área como parque público já começou. Uma área que hoje serve de espaço de circulação comum entre as arenas (conhecida como Via Olímpica) será reaberta em dezembro, repaginada. O espaço receberá mil mudas de árvores, bicicletários, quadras poliesportivas e um monumento em homenagem aos atletas que ganharam medalhas na Rio 2016. A reforma vai custar R$ 2,5 milhões e será bancada pela prefeitura.
O projeto faz parte do programa de legado do evento. Com o fim da Paralimpíada, a área de 1,1 milhão de metros quadrados será desmembrada. Desse total, 600 mil metros quadrados ficarão com a iniciativa privada. Os outros 500 mil metros, que incluem cinco arenas permanentes, permanecerão públicos e serão reabertos por fases. A reativação das arenas depende da conclusão de uma parceria público-privada, ainda em licitação.

— A Via Olímpica já tem toda a infraestrutura necessária para receber os equipamentos públicos. Não tem sentido deixá-la fechada por muito tempo. Vamos entregá-la ao público em dezembro — disse o secretário municipal de Conservação, Marcus Belchior.
A prefeitura ainda está acertando alguns detalhes, como os horários de funcionamento. A transição para a nova fase começa no dia 19 deste mês (a Paralimpíada termina na véspera), quando a Guarda Municipal passa a tomar conta da parte pública do complexo. Na nova configuração, a Via Olímpica será dividida em cinco áreas. O trecho mais próximo da Avenida Embaixador Abelardo Bueno — que hoje serve de acesso para o público e os voluntários — será rebatizado como Praça de Chegada. Ali ficará o chamado Muro dos Campeões (vizinho ao estádio de tênis e à Arena Carioca 1), num formato que remeterá ao traçado do calçadão de Copacabana. Nesse monumento, estarão gravados os nomes de todos os atletas que conquistaram medalhas no Rio. Olimpíadas anteriores também tiveram seu Muro dos Campeões.
PRACINHA COM MESA DE JOGOS
Um outro trecho do Parque Olímpico será chamado de Área Esportiva. Ficará num ponto onde a TV Globo e o SporTV montaram estúdios de onde os principais programas jornalísticos das emissoras foram apresentados durante a Rio 2016. Ali, serão construídas duas quadras poliesportivas, em concreto, de 30m x 15m, além de um campo de grama sintética, com 80 metros quadrados. Nesse espaço, também será instalada uma pracinha, com mesas de jogos, food trucks e banheiros.
Uma terceira parte, localizada nas imediações da Arena Carioca 3, será convertida em parque infantil, com brinquedos adaptados. Um quarto espaço será voltado para usuários mais jovens e foi batizado de Contemplação Teen. Haverá equipamentos esportivos, inclusive mesas de pingue-pongue.
Uma quinta área do Parque Olímpico, localizada mais próximo à Lagoa de Jacarepaguá, ficará onde, durante a Olimpíada, havia telões para o público acompanhar as competições. A estrutura atual, com uma cobertura metálica, será mantida, mas, na nova fase, o lugar será destinado a shows. A prefeitura também vai instalar mesas para piqueniques, equipamentos de ginástica, sanitários e construir uma pista de skate.


Postar um comentário

Clique aqui para deixar um comentário. Caso você não tiver uma conta Google, assine o seu nome abaixo.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Curta o nosso site com o facebook e Google+