quinta-feira, 31 de janeiro de 2013

RJ é o único estado preparado para segurança em relação a incêndios

Rio de Janeiro é único estado brasileiro com diretoria específica para regular diversões públicas


A noticia do momento em todo o Brasil é a tragédia ocorrida na Boate Kiss, em Santa Maria (RS), onde mais de 230 jovens faleceram. No local haviam mais mil de pessoas que participavam de uma festa organizada por estudantes da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), havendo apenas uma porta de saída com apenas 2 metros de largura. A noticia se espalhou por jornais de vários países e surgiu o questionamento em relação a segurança de grandes eventos no Brasil.

Os estádios da Copa do Mundo de 2014 seguem padrões internacionais de segurança, principalmente em relação a incêndios. De qualquer maneira, o Rio de Janeiro é o único estado de todo o brasil que tem uma diretoria específica para serviços de diversões públicas, criada por resolução em 2004 pelo Corpo de Bombeiros do Estado do Rio de Janeiro

 Há 200 fiscais atuando em todo o estado (cada quartel há uma seção) que são responsáveis em regulamentar todo tipo de eventos e o funcionamento de casas de entretenimento no Rio de Janeiro.

A diretoria concede autorizações para eventos que reúnam público, incluindo jogos de futebol e certificados de registro anuais que todas as casas de espetáculos têm que ter, como cinemas, boates, teatros e escolas. No caso dos jogos de futebol, além de os estádios terem um documento de registro anual, para cada jogo é emitida uma autorização pelo Corpo de Bombeiros. O código atende a todo o estado e já salvou muitas vidas em espaços que sofreram incêndios. 

Para locais que apresentam aglomerações de público, o código estabelece as medidas das saídas. Para locais fechados, a orientação é que a cada metro de saída devem passar 100 pessoas. Isso significa que para cada mil pessoas, as portas de saída devem ter 10 metros. 

O código atual do Estado está passando por um processo de revisão em relação ao tempo, visando adequá-lo à legislação internacional até o final desse ano. Com isso, o Rio de Janeiro mais uma vez comprova que está preparado para os grandes eventos internacionais.

Texto escrito e postado por Rafael Oliveira, 31 de Janeiro de 2013

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Clique aqui para deixar um comentário. Caso você não tiver uma conta Google, assine o seu nome abaixo.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Curta o nosso site com o facebook e Google+