terça-feira, 1 de janeiro de 2013

Réveillon de Copacabana tem maior sucesso de todos os tempos

 Réveillon de Copacabana reúne cerca de 2,3 milhões de pessoas




O Rio de Janeiro mais uma vez demonstrou que não tem o título de "Maior Réveillon da Terra" a toa. A festa de Copacabana nessa virada contou com 300 mil pessoas a mais que a versão do ano anterior, chegando a marca de 2 milhões e 300 mil pessoas só nas areias da praia mais famosa do mundo, os dados são da Polícia Militar, isso sem contar o público nos apartamentos, hotéis, clubes, transatlânticos e no Forte de Copacabana. A grande novidade desse ano foi a tecnologia diretamente importada das Olimpíadas de Londres de 2012 e também o clima agradável e sem chuva.  O tema e mensagem central desse ano foi “mais motivos para sorrir", já que o Rio está sorrindo a toa depois de se tornar capital internacional de eventos de todos os tipos e também por receber o título da Unesco de Patrimônio Mundial da Humanidade. 

Os jogos de luzes do Réveillon de Copacabana foram projetados diretamente das 11 balsas utilizadas para a queima 24 toneladas de fogos durante 16 minutos. O público teve a impressão de que as luzes multicoloridas dançavam no céu junto com os fogos e a trilha sonora exclusiva.

O Réveillon de Copacabana custou R$ 17 milhões. A festa foi organizada pela Prefeitura do Rio de Janeiro, mas esse valor foi completamente pago por cinco patrocinadores, sem qualquer custo aos cofres públicos.

Um dos shows mais esperados foi de e Ellen Oléria, vencedora do 'The Voice Brasil', mas também houve outros shows que animaram o público, como Cláudia Leite e Diogo Nogueira.




O Rio também contou com outras festas da virada que emocionaram o público, como por exemplo o Réveillon da Praia do Flamengo. O público chegou a 300 mil e a queima de fogos durou 25 minutos.

Madureira contou com o seu primeiro Réveillon no novo Parque Madureira. O público chegou a 40 mil pessoas que celebraram a virada do ano com charme e samba. Não houve a esperada queima de fogos, mas o público comemorou de forma bem animada a chuva de pratas,  arremessados por canhões estrategicamente localizados nas laterais do palco, fazendo com o que o público se sentisse dentro do maior espetáculo da Zona Norte.

A população da Zona Norte também comemorou a virada do ano na Penha - com 15 mil pessoas que festejaram ao som de Celebrare, -  no Piscinão de Ramos - com 35 mil pessoas que aproveitaram a virado do ano ao som de funk - e na Ilha do Governador com 20 mil pessoas.

Já na Zona Oeste, 30 mil pessoas assistiram a queima de fogos em Sepetiba e 15 mil curtiram o show de Elymar Santos em Pedra de Guaratiba. Na Ilha de Paquetá, cerca de 3 mil pessoas aproveitaram a festa que também contou com queima de fogos.

A cidade de Niterói também comemorou a virada do ano em grande estilo. Foram 25 minutos de queima de fogos na Praia de Icaraí (alguns segundos a mais que a Praia do Flamengo) e um público de 200 mil pessoas. A novidade desse ano foi uma iluminação especial que vinha das balsas que também utilizaram lâmpadas de LED para formar a frase 'Feliz 2013'. As lâmpadas também serviram para iluminar o mar, tendo como consequência um belo efeito que gerou com certeza um dos três melhores espetáculo pirotécnicos no Estado e um dos melhores do Brasil.

Texto escrito e postado por Rafael Oliveira, 01 de Janeiro de 2013

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Clique aqui para deixar um comentário. Caso você não tiver uma conta Google, assine o seu nome abaixo.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Curta o nosso site com o facebook e Google+