Bondinho do Pão de Açúcar completa um século

Pão de Açúcar poderá ganhar mais uma linha até a Babilônia



Dizem que os muitos gênios antes de se revelarem ao mundo são considerados loucos. O Pão de Açúcar passou por uma história similar.

O Pão de Açúcar é conhecido como o grande diamante do Rio de Janeiro, criado há 100 anos por Augusto Ferreira Ramos, na época chamado de "maluco". O engenheiro   tentou provar que o projeto era possível para a época, ele  idealizou a construção de um caminho aéreo dotado de cabos de aço suspensos ligando os dois montes. Muitas pessoas o criticaram na época e alguns até sugerir que a linha do futuro teleférico ligasse diretamente o Pão de Açúcar ao Hospício Nacional. Mas Ramos insistiu em seu projeto.

Hoje, o pão de açúcar, criado no dia 27 de Outubro de 1912, está a 396 metros de altitude. Na época era feito de madeira, hoje é de vidro. No seu primeiro dia levou 577 pessoas. No próximo sábado, esse grande monumento, vai completar 100 anos.

Milhares de fotos saíram desse cartão-postal pendurado por cabos e com vista de Niterói a Zona Sul (incluindo Copacabana e a Pedra da Gávea). O local foi cenário até para um dos filmes 007, com o espião James Bond e para diversos recursos de diversas artes.

Quarenta milhões de pessoas já embarcaram nessa aventura, sendo 1.331.487 visitantes só no ano passado, ficando atrás apenas do Corcovado.

Na época só havia o teleférico de Monte Ulia, na Espanha (280 metros de extensão) e o de Wetterhorn, na Suíça (560 metros).

— O bondinho do Pão de Açúcar é um dos primeiros grandes sinais do uso da paisagem do Rio como elemento importante do turismo — diz o historiador e arquiteto Nireu Cavalcanti.

No início, o projeto seria ligar o Morro da Urca ao Morro da Babilônia. Agora, Eduardo Paes, quer levar esse projeto a União, já que a área pertence ao Governo Federal que sempre foi contra a essa expansão.


Alguns dos passageiros ilustres foram John Kennedy, Albert Einstein, Lech Walesa, Tom Felton e Brooke Shields. Alguns investimentos estão previstos a acontecer até 2013, mas as obras acontecerão à noite para não ser necessário fechar o ponto turístico.

Texto escrito e postado por Rafael Oliveira, 21 de Outubro de 2012

Postar um comentário

Clique aqui para deixar um comentário. Caso você não tiver uma conta Google, assine o seu nome abaixo.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Curta o nosso site com o facebook e Google+