Pernambuco sozinho leva 90% de verba antienchente do Governo Federal

Pernambuco receberá maior parte da verba contra enchentes, enquanto o Rio ficará com as migalhas



O Rio de Janeiro é o segundo estado que mais ajuda o Brasil em recurso, assim como é o terceiro mais populoso do país, mas em questões de Governo Federal, o Rio é o mais esquecido, exceto quando querem os royalties ou recursos do nosso estado.

Pernambuco, Estado do ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra Coelho, será o estado que mais receberá verbas da União em prevenção e preparação de desastres naturais, como enchentes e desmoronamentos. Se formos ver os projetos que saíram do papel, veremos que Pernambuco concentrou 90% dos gastos da pasta destinados a esse fim, segundo a ONG Contas Abertas.

Algumas dessas obras foram assinadas pela própria presidente Dilma Rousseff. Vale ressaltar que o ministro Bezerra é pré-candidato em 2012 para Pernambuco

Nesse ranking, Pernambuco é seguido pelos Estados da Bahia, São Paulo, Santa Catarina e Paraná. Mas se pegarmos os números mais detalhados, veremos que Pernambuco recebeu R$ 25,5 milhões, contra R$ 1,8 milhão liberado para o Paraná, ou seja 14 vezes menos que Pernambuco. A Bahia ocupa o segundo lugar, com mais de R$ 10 milhões à frente de São Paulo.

O Governo Federal também aprovou  R$ 31 milhões para a construção de reservatórios para conter cheias na região metropolitana de São Paulo, porém um único centavo desse dinheiro foi destinado ao Estado. Mesmo assim São Paulo foi o terceiro estado a mais receber investimentos nessa área, enquanto o Rio de Janeiro não ganhou um único centavo, apesar do desastre na Região Serrana que matou mais de 900 pessoas, com muito mais vítimas do que em outros desastres do ano.

O Ministério da Integração Nacional publicou o orçamento contra cheias desse ano (2012), Pernambuco mais uma vez aparece em primeiro lugar, mais que o Rio de Janeiro (10%) e Santa Catarina (4,4%), estados que passaram por catástrofes em 2011. O governo ainda teve a cara de pau de doar meros 2,5 MIL reais para a prevenção em Nova Iguaçu, enquanto Taboão da Serra (SP) recebeu R$ 3,4 milhões e Recife (PE) ganhará R$ 30,5 milhões. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo e da agência O Globo.

O pior que ainda tem gente que tem a cara de pau de dizer que o Governo Federal só investe no Rio, ao vermos dados que São Paulo e estados favorecidos do nordeste recebe mais muito mais investimento que o Rio de Janeiro. É isso que o Rio de Janeiro ganha com o Brasil. Vale ressaltar que o PAC do Rio foi o que teve mais promessas, mas o que o segundo teve menos dinheiro destinado pelo Governo Federal. 

Texto escrito e postado por  Rafael Oliveira,  05 de Janeiro de 2012
Foto: Desastre na Região Serrana em 2011, direitos pertencentes ao Blog Jornal Sol Nascente

Jafa

6 de janeiro de 2012 11:06
Permalink this comment

1

disse...

O PIOR E Q TEM PESSOAS Q ACHAM Q O RJ VIVE SO AS CUSTAS DO GOVERNO FEDERAL COMO UM CUNHADO MEU Q E PARANAENSE E SE DIZ A FAVOR DA DIVISAO DOS ROYALTIES.FALEI PARA ELE LER MAIS A INTERNET E VER QUEM SAO OS ESTADOS REALMENTE Q MAIS "VIVEM" GRAÇAS AS VERBAS FEDERAIS.O RJ ESTA ESTA NA RABEIRA DA LISTA E ALEM DE SER O 2º ESTADO EM NUMEROS ABSOLUTOS Q PAGAM MAIS IMPOSTOS NO PAIS,PROPORCIONALMENTE E O 1º SE NAO ME ENGANO.ELE DISSE Q IA LER.ATE HOJE NAO ME FALOU MAIS NADA.TEMOS Q TER REPRESENTANTES DE VERDADE PARA O NOSSO ESTADO,VISTO Q A NOSSA BANCADA NO CONGRESSO E FRACA E OMISSA.NAO TEMOS FORÇA DENTRO DO GOVERNO FEDERAL PARA NADA.ESTA NA HORA DE O POVO FLUMINENSE ACORDAR E VOTAR EM QUEM AME O ESTADO DE VERDADE!

Postar um comentário

Clique aqui para deixar um comentário. Caso você não tiver uma conta Google, assine o seu nome abaixo.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Curta o nosso site com o facebook e Google+