sexta-feira, 8 de abril de 2011

Rio de Janeiro em luto

Tragédia de Realengo deixa Rio de Janeiro e Brasil em luto

http://n.i.uol.com.br/noticia/2011/04/07/escola-municipal-tasso-da-silveira-em-realengo-na-zona-oeste-do-rio-de-janeiro-onde-houve-tiroteio-1302179252628_300x230.jpg

Esse blog foi criado para mostrar boas noticias aos cariocas e brasileiros e mostrar a realidade do Brasil, mas infelizmente hoje falaremos sobre algo que entristeceu e parou o Brasil, deixando um bairro da zona oeste nas capa de jornais internacionais como CNN, New York Times, El Pais, BBC, entre outros, descartando outras noticias que também aconteceram na manhã dessa quinta-feira como um novo terremoto em Tóquio e o terremoto no México, local onde estava a delegação para o Pan-Americano de 2011.

A história todos já sabem. O psicopata Wellington Menezes de Oliveira invadiu a Escola Municipal Tasso da Silveira, em Realengo, zona oeste da capital fluminense, e atirou em diversas pessoas, invadindo salas de aula, disfarçado de palestrante, e selecionando a dedo as pessoas que gostaria de matar, preferencialmente garotas. Vale lembrar que a escola comemorava o aniversário e esse psicopata foi um ex-aluno, por isso ele conseguiu entrar tão facilmente na escola.

Os policiais tentam encontrar na carta um motivo para esse assunto, alguns cogitam HIV e outros bullyng quando o aluno estudou que o teria traumatizado. Mas eu vejo que nada justifica o que esse maluco fez com essas crianças inocentes. O assassino cometeu suicídio ao ser abordado pela polícia.

Essa triste história não aconteceu pela primeira vez, já aconteceu diversas vezes nos Estados Unidos, Europa e até mesmo China. A história se assimila também a história que aconteceu em São Paulo há poucos anos quando outro psicopata invadiu uma sala de cinema e atirou em inocentes. Isso é reflexo de um país onde qualquer um pode conseguir uma arma legalmente, algo apoiado também pela população brasileira.

É boato que a escola que completava 40 anos será fechada, até porque não há motivos para isso. Também não haverá investimentos em policiamento nas escolas, já que nenhuma escola do mundo precisa de aumento no policiamento em ambiente escolar (e sim nos bairros), já que o indivíduo era um ex-aluno e passou facilmente pela portaria da escola. Vale lembrar que a escola já contava com câmeras em seu interior e nunca sofreu qualquer tipo de violência anteriormente.

O assassino de 23 anos, segundo a família, sentiu prazer com os atentados de 11 de Setembro e ele nunca foi internado.

Pelo menos 13 pessoas faleceram e foram atendidos no Albert Schweitzer, no Hospital de Saracuruna, no Into (Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia), no Hospital da PM e no Hospital Pedro Ernesto.

O Governador Sérgio Cabral chamou o atirador de psicopata e animal. Tanto ele como o prefeito estiveram na escola depois do atentado e fizeram uma comitiva para a mídia. Ele apagou registros em casa como ter queimado o computador pessoal, ele também era perito em tiro e utilizava munição profissional e mostrava interesse pelo islamismo. Na carta ele pede a forma que gostaria de ser enterrado, em volta de um lençol branco, banhado antes do velório e enterrado próximo aos pais. Até agora a polícia não anunciou como será o seu interro. Os colegas que estudaram com ele falaram que ele já era estranho, andava de forma estranha e era excluído pelos amigos.

Dilma também fez um minuto de silêncio pelas vítimas.

Vale lembrar que essa história também conta com um herói. Este é o sargento Alves que atirou no assassino e evitou que mais alunos fossem mortos.

A nossa cidade jamais esquecerá as vítimas desse massacre. Toda a cidade, o país e o nosso Blog está em luto por esses adolescentes e por essas famílias.

Texto escrito e postado por Rafael Oliveira, 08 de Abril de 2011

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Clique aqui para deixar um comentário. Caso você não tiver uma conta Google, assine o seu nome abaixo.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Curta o nosso site com o facebook e Google+