sexta-feira, 11 de fevereiro de 2011

Praça XV revitalizada

Praça XV inicia a reforma do Centro do Rio de Janeiro

http://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/thumb/c/c3/PracaXV-CCBY.jpg/800px-PracaXV-CCBY.jpg

O Centro do Rio de Janeiro passa por uma das maiores reformas da história visando recuperar o turismo da região conhecida como o maior corredor cultural do Brasil, além de um espaço que esbanja modernidade e história.

Segundo a Secretaria Municipal de Conservação e Serviços Públicos, a Praça XV (Praça quinze) será a garota propaganda do projeto da Prefeitura em recuperar o calçamento do Centro e padronizar o mobiliário urbano de uma grande área na região. As obras, que incluem a Rua São José, começam nesta sexta-feira e devem durar até 90 dias.

A última vez que a Praça XV recebeu algum investimento foi em 1996, com a construção do famoso mergulhão.

- Nas áreas mais antigas, há elementos das mais variadas épocas. O Centro é uma região estratégica para ser recuperada e valorizada - disse o secretário.

A estátua de bronze do General Osório, instalada no local em 1891, será também recuperada. A estátua ganhará uma câmera de vigilância da Prefeitura.

- A estátua, criada por Rodolfo Bernardelli, foi alvo de muito vandalismo. Todo o conjunto pesa nove toneladas e será reformado no local, com duração de três a quatro meses - explica Vera.

O projeto para reformar o calçamento do Centro custará R$ 6,6 milhões. Além da recuperação de pisos e calçadas, a prefeitura trabalhará para padronizar o mobiliário urbano nas ruas limitadas por uma espécie de quadrilátero formado pelas avenidas Rio Branco, Presidente Vargas, Almirante Barroso e pela Rua Alfredo Agache. Nesse miolo, o projeto, batizado de Paisagem Urbana, uniformizará postes de luz e de informação, balizadores, frades, entre outras peças do mobiliário da cidade.

Texto escrito e postado por Rafael Oliveira, 11 de Fevereiro de 2011
Foto: Praça Quinze de Novembro, Centro do Rio de Janeiro

2 comentários:

  1. Que ótima notícia. Aliás, em relação ao centro do Rio, gostaria de fazer uma observação. Sempre que eu viajo ao Rio, eu me hospedo em Copacabana ou Arpoador/Ipanema. Só que na última vez que fui ao Rio, a maioria dos hotéis estavam lotados. Sem alternativa, me hospedei no centro. Confesso que foi uma grata surpresa. Eu esperava algo totalmente degradado, como aliás costumam ser os centros das grandes cidades brasileiras. No Rio, ao contrário, eu achei que está muito bem conservado. Os centros culturais, os bares, restaurantes, e inclusive, hotéis ótimos (Windsor, Novotel, Ibis). O trabalho de de revitalização deve melhorar ainda mais esta linda região da cidade.

    ResponderExcluir
  2. Rafael já escrevi aqui, não sei se você viu, vou escrever de novo. Tudo começa pelo início. Vamos começar a fazer propaganda de duas capitais para o Brasil: Rio e Brasília essa proposta é estratégica. Se falarmos em trazer a capital de volta para o Rio haverá forte reação da corte "privilegiada" de Brasília. Então vamos começar com duas capitais, e mais, incutir a idéia do Rio capita, mas só nominalmente,nesse caso ainda haverá resistência, mas menos. Por exemplo, podemos dizer que praticamente tudo continuará em brasília, que o rio só abrigará as estatais, que na verdade em sua maioria já estão aqui mesmo. Mas swem que percebam a idéia do Rio sendo capital também, vai se incutindo no subconsciente novamente no imaginário brasilieior, você entende. Quer saber mais detalhes, escreva no seu blog, que eu te passo mais idéias sobre o assunto.

    ResponderExcluir

Clique aqui para deixar um comentário. Caso você não tiver uma conta Google, assine o seu nome abaixo.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Curta o nosso site com o facebook e Google+