quinta-feira, 10 de fevereiro de 2011

Mudanças em vias na Zona Oeste

Prefeitura promete novos viadutos para a Zona Oeste

http://odia.terra.com.br/portal/rio/fotos/11/02/10_viadutos575.jpg

Alguns moradores da grande zona oeste tem reclamado do transtorno relacionada as obras na região. Porém, a reclamação era ainda maior quando essa região era uma das mais abandonadas na cidade. As obras tem prometido mudanças na região.

As ruas na Zona Oeste não tinha mais buraco, porque já eram crateras lunares. A desordem urbana passava do limite. E havia até uma estrada em Santíssimo que passava por cima de uma linha de trem da Supervia.

A Prefeitura iniciou algumas obras que muraram a vida da população dessa região. Campo Grande deve ter seu tumultuado trânsito desafogado em um ano e três meses. Esse é o prazo em que a Prefeitura do Rio pretende concluir a construção de três viadutos na região — Santíssimo, Inhoaíba e Realengo. As obras começam hoje e estão orçadas em R$ 89,7 milhões.

“O objetivo é criar novos acessos, para que as pessoas não precisem passar necessariamente no Centro de Campo Grande, que tem um fluxo de veículos intenso, para chegar à Avenida Brasil. Temos certeza de que esses três viadutos são a solução para o tráfego intenso na região”, explicou o secretário municipal de Obras, Alexandre Pinto.

Construído na década de 40, o viaduto de Realengo tem sentido único. Suas curvas sinuosas favorecem de o alto índice de acidentes. O novo viaduto, com 253 m, vai ligar a Estrada de Marechal Soares de Andrea até a Marechal Joaquim Inácio, na direção da Av. Brasil. A estrutura virá acompanhada de muretas, iluminação e sinalização vertical e horizontal.

O Viaduto de Santíssimo terá 85 metros e acabará com a travessia de carros sob trilhos de trem. O bairro terá o trecho entre Estrada da Posse e a Av. Santa Cruz, na Estrada do Lameirão, duplicado. Neste ponto, serão construídos mais de 4 mil m² de calçada e 1,5 m de galerias pluviais.

Em Inhoaíba, além do viaduto construído, vias importantes serão reformadas: ruas Guarujá, Adolfo Lemos e Papagaio. Ciclovia de 4.080 mil metros, 12 baias de ônibus, 2,368 metros de galerias pluviais e 9 mil m² de calçadas farão parte do novo visual do bairro.

Com a ampliação da Estrado do Engenho, em Bangu, serão instaladas oito baias de ônibus e três pontes, localizadas sobre os rios das Tintas, Viegas e Lúcio.

Muitos outros projetos chegarão em breve para a Zona Oeste. Em breve publicaremos aqui.

Texto escrito e postado por Rafael Oliveira, 10 de Fevereiro de 2011

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Clique aqui para deixar um comentário. Caso você não tiver uma conta Google, assine o seu nome abaixo.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Curta o nosso site com o facebook e Google+