segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

Governo Federal já garante menos investimentos nos próximos anos

Governo Federal corta R$ 18 bilhões em investimentos, inclusive do PAC, Esporte e Moradia.

http://www.baixaki.com.br/imagens/wpapers/BXK23180_congresso_02-mai-06_dsc_1912800.jpg

Eu não me canso de falar isso: O Brasil é um dos países que contam com os impostos mais caros do mundo, não só no IPTU/IPVA, mas também nos produtos comprados em mercados e importações, por isso muitos brasileiros não possuem dinheiro para comprar alguns produtos eletrônicos, domésticos ou até relacionados a alimentação.

Só para você ter uma ideia: Durante o Governo Lula, cada R$ 100,00 que você gastava em um supermercado, R$30 era impostos (que iam para Brasília), os outros R$70 era o lucro que ia para o supermercado local - as fábricas, entre outros.
“Se a gente falar basicamente na questão alimentícia, o Brasil hoje tem cargas tributárias médias que chegam a trinta e cinco, trinta e sete por cento. Nos outros países do mundo esta carga não necessariamente ultrapassa os dez por cento"
Sabe o pãozinho que você compra na padaria? Quase 17% desse valor é imposto. Já o açúcar chega a quase 33%. Entre outras coisas. Isso tudo com um dos menores salários mínimos dos países mais ricos do mundo. Mas o assunto aqui não é economia e sim política.

O Governo Federal confirma que não tem dinheiro (mesmo os deputados brasileiros sendo o segundo mais bem pago do mundo), e por isso precisa fazer um corte de gastos. Ao invés de cortar os gastos em Brasília, o corte foi feito no povo - como se o retorno de investimentos cobrisse o necessário para o valor dos nossos impostos.

O atual governo, ano passado, havia prometido preservar os investimentos (ou até aumentar). Mas o Ministério da Fazenda anunciou um corte de R$ 50 bilhões no Orçamento da União. Nem mesmo o famoso PAC está de fora do corte de investimentos (lembrando que o Rio de Janeiro tem o segundo PAC mais atrasado). Outro que sofrerá um corte é o programa "Minha Casa, Minha Vida 2", que equivale a 59,4% do montante aprovado pelo Congresso para a pasta em 2011.

Mesmo sediando grandes eventos esportivos nos próximos anos, o Governo Federal anunciou cortes em Turismo e Esporte, lembrando que o Rio sediará as Olimpíadas de 2016, comprovando que o Governo Federal está nem aí com o Rio de Janeiro, e a Prefeitura bancará maior parte dos gastos olímpicos. O turismo teve corte de 84% e o Esporte teve teve de 64%.

Texto escrito e postado por Rafael Oliveira, 28 de Fevereiro de 2011
Foto: Congresso Nacional, Brasília

2 comentários:

  1. Sou um fã deste blog, sempre com notícias muito interessantes sobre a cidade e o estado, tenho certeza da credibilidade que existe nas suas colunas, se podemos dizer assim, mas ao ler o segundo parágrafo desta notícia a respeito da quantidade de impostos que pagamos, vi uma conta matemática absurda. Tenho consciência de que isso não passou de uma simples desatenção, por isso, é sempre importante reler o que escrevemos o quanto for necessário para sabermos que a forma como nos expressamos está correta.

    Grande abraço para todos!

    ResponderExcluir
  2. Você está certo William, realmente foi um erro de digitação. Eu até tenho o hábito de ler novamente o que escrevo, porém eu estudo de manhã e a tarde, muitas vezes tenho pouco tempo para atualizar o Blog e digito rapidamente cada noticia (fazendo vários parágrafos ao mesmo tempo), depois até faço uma releitura em poucos minutos para corrigir os erros, mas às vezes acabo não percebendo alguns detalhes como esse. Mas obrigado por me alertar. O erro já está corrigido nessa reportagem. De qualquer forma eu peço desculpas e mando uma das fontes para não deixar dúvida do erro: http://imirante.globo.com/noticias/pagina225010.shtml

    Muito obrigado pelo apoio ao Blog e pelo comentário. Abraços e boa semana.

    ResponderExcluir

Clique aqui para deixar um comentário. Caso você não tiver uma conta Google, assine o seu nome abaixo.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Curta o nosso site com o facebook e Google+