sábado, 15 de janeiro de 2011

Desastre na Região Serrana do Rio de Janeiro

Noticia completa sobre as chuvas que acometeram a Região Serrana

http://oglobo.globo.com/fotos/2011/01/15/15_CAA_rio_friburgo3.jpg

Todos aqui já conhecem a triste história que aconteceu na Região Serrana do Rio. Até o momento mais de 600 pessoas já morreram, além de muitos feridos e vários desabrigados. Uma história lamentável que aconteceu em nosso estado, principalmente para as belas cidades de Petrópolis, Teresópolis e Nova Friburgo. Porém muito pior que os milhões que serão gastos para a reconstrução das cidades, certamente, são as mortes e a quantidade de desabrigados.

Infelizmente, também, o estado do Rio não é o único a passar por esse sério problema. Minas Gerais e São Paulo também passam por isso.

Aqui no Rio, a cidade com maior número de mortos foi Nova Friburgo, seguido por Teresópolis. Petrópolis aparece logo em terceiro, com menos problemas, mas também graves. Mas não são as únicas.

Segundo a Defesa Civil, em Petrópolis são 3.600 desalojados, e 2.800 desabrigados. Em Teresópolis, 960 desalojados, e 1.280 desabrigados, e em Nova Friburgo 3.220 desalojados, e 1.970 desabrigados. Esse triste incidente já está entre os 10 piores deslizamentos do mundo nos últimos 10 anos em todo o mundo.

Os chefes de estado da República Dominicana, Panamá, Austrália, Alemanha, Espanha, Londres, Portugal, Argentina, El Salvador, Suíça, Venezuela, e muitos outros, expressaram condolências ao Rio. Alguns já se comprometam em enviar recursos para os estados atingidos. A União Europeia e o COI também lamentaram o ocorrido.

Já a ONU agiu com crítica em relação ao Brasil. Debarati Guha-Sapir, diretora do Centro para a Pesquisa da Epidemiologia de Desastres da ONU, é uma das maiores especialistas em desastres naturais em todo o mundo.

"O Brasil não é Bangladesh e não tem nenhuma desculpa para permitir, no século 21, que pessoas morram em deslizamentos de terras causados por chuva." - Declarou Debarati ao afirmar que as mortes relacionadas a enchentes no Brasil não estão relacionadas aos fenômenos naturais, mas sim ao "descaso político."

O Brasil já passou por 37 enchentes nos últimos 10 anos, cada vez sendo mais frequente no Brasil. Segundo a ONU, o Brasil tem dinheiro para investir nessa área e evitar mortes.

"Brasil é um país que já sabe que tem esse problema de forma recorrente. Portanto, não há desculpa para não se preparar ou se dizer surpreendido pela chuva. Além disso, o Brasil é um país que tem dinheiro, pelo menos para o que quer". - Declarou a consultora da ONU.

Uma vez eu já disse aqui nesse Blog que cada deputado brasileiro custa R$10,2 milhões por ano (sem contar o dinheiro desviado) ao contribuinte. Já na Itália o mesmo período custa R$3,9 milhões. Na França, pouco mais de R$2,8 milhões. Na Espanha, cada parlamentar custa por ano R$850 mil e na vizinha Argentina R$1,3 milhões.

Cada deputado brasileiro ganha o que 688 professores com curso superior ganham. Dinheiro que poderia investir em milhões de coisas, desde segurança a prevenção de desastres. O Governo Lula diminuiu os gastos na prevenção de desastres nos últimos anos.

Ela termina dizendo:

"O Brasil praticamente só tem um problema natural e não consegue lidar com ele. Imagine se tivesse terremoto, vulcão, furacões... "

Será que é verdade?

Há regiões atingidas que o Governador, Sérgio Cabral, e o prefeito dessas cidades, incentivavam a construção de casas. Mas não dá pra acusar o governo Lula sem nos lembrarmos do governo FHC que também incentivou a construção em casas em favelas e casas em encostas, legalizando o ato.



Muitos estão sofrendo e passando sérias dificuldades, e podemos fazer algo, diferente dos nossos políticos, para ajudar as famílias que necessitam de ajuda.

Vários órgãos e secretarias do Governo do Estado do Rio entraram na campanha em prol das vítimas das chuvas de Teresópolis, Petrópolis e Nova Friburgo, na Região Serrana, e estão recebendo doações para ajudar os desabrigados.

O leitor Anselmo, do Blog Carioca, enviou-nos uma lista dos locais que recebem doação par ajudar tais famílias.

Entre os artigos de maior necessidade estão água mineral, material de higiene pessoal e doméstica, colchonetes, cobertores e fraldas descartáveis.







Abaixo está a lista dos locais de apoio e onde podemos entregar donativos:

-Fundação para a Infância e a Adolescência (FIA)

Os donativos podem ser entregues nas unidades da Fundação para a Infância e a Adolescência (FIA) da capital, na Rua Voluntários da Pátria, 120, Botafogo, e de Niterói, na Rua General Castrioto, 589, em Barreto.

-Petrópolis (Fundação Leão XIII) – Rua General Osório, 12, 2º piso, Centro;
-Teresópolis (Fundação Leão XIII)
– Rua Josafá Cupelo, 390, Bairro de Fátima;
-Nova Friburgo (Polo da FIA)
– Avenida Julius Antônio Thuller, 480, Olaria.

-Cruz Vermelha Brasileira filial de Nova Iguaçu
Rua Coronel Bernardino de Melo, 2085 , centro – Nova Iguaçu.

Outros Pontos de doação:

- Restaurante Pizza do Pet: Condomínio Mandala – Barra da Tijuca

- Sede do C. R. Flamengo: Av. Borges de Medeiros, 997 – Gávea

- Maracanãzinho: Recebe donativos das 8h às 20h - R. Professor Eurico Rabelo, s/nº – Maracanã - Entrada pelo portão 12A

- Caio Martins: Recebe donativos das 8h às 20h - R. Pres Backer – Icaraí, Niterói Entrada pelo portão principal na Avenida Roberto Silveira, em Icaraí.

- Shopping Downtown: Doações no SAC (bl 12C subsolo) ou no Espaço Cliente (bl 17) - Av. das Américas, 500 – Barra da Tijuca

- Sítio Santa Terezinha: Tel.: (21) 2632-7806 | Cel.: (21) 9379-8727 Est. do Curtume, s/nº – Guapimirim

- Supermercados Pão de Açúcar, Extra, Sendas, ABC Compre Bem e Assaí: Estão recolhendo roupas, remédios, alimentos não-perecíveis, ítens básicos de higiene e colchões, em TODAS as unidades do Rio de Janeiro. Se tiver um no seu bairro, não deixe de ajudar.

- Metrô Rio: Recebe donativos nas estações Carioca, Central, Largo do Machado, Catete, Glória, General Osório, Pavuna, Saens Peña, Del Castilho e Siqueira Campos.

- Bees Office: Posto de doação. R. Teófilo Otoni, 52/sala 1203 – Centro

- FIA (Fundação da Infância e Adolescência): Recebe donativos em 2 endereços, abaixo:

Rua General Castrioto 589 – Barreto, Niterói
R. Voluntários da Pátria, 120, Botafogo

- Fúria Jovem: A torcida do Botafogo arrecada donativos em sua sede (13 e 14/01) e também no Engenhão – Ala Leste (16/01). A sede fica na R. do Acre, 51/304 – Centro.

- Fluminense F. Club: Recebe donativos em sua sede. R. Álvaro Chaves, 41 – Laranjeiras

- C.R. Vasco da Gama: Recebe donativos no dia 15/01, em sua sede, na entrada para as arquibancadas. R. General Almério de Moura, 131 – São Cristovão

- Viva Rio: (21) 2555-3750 e (21) 2555-3785 - R. do Russel, 76 – Glória

- Cruz Vermelha de Curitiba: Donativos para as vítimas das chuvas no Rio e São Paulo. (41) 3016-6622 - Av. Vicente Machado, 1310 – Batel

- Maetê: Av. Visconde de Pirajá, 550/sala 413 – Ipanema

- Jornal Posto Seis: Recolhe donativos. Av. Nossa Senhora de Copacabana, 1133/111 – Copacabana

- Shopping Caxias: Rua Professor José de Souza Herdy, 1216 – 25 de agosto – Duque de Caxias

- Shopping Carioca: Est. Vicente de Carvalho, 909 – Vicente de Carvalho

- Shopping Passeio: R. Viúva Dantas, 100 – Campo Grande

- Shopping Santa Cruz: R. Felipe Cardoso, 540 – Centro – Santa Cruz

- Shopping Grande Rio: Rod. Presidente Dutra, 4200 - São João de Meriti

- Shopping Bangu: R. Fonseca, 240 - Bangu

- Shopping Via Parque: Av. Ayrton Senna, 3000

- Shopping Leblon: Av. Afrânio Melo Franco, 290 – Leblon

- Botafogo Praia Shopping: Praia de Botafogo, 400 – Botafogo – SAC

- Supermarket: Recolhe donativos na loja de Bento Ribeiro. R. Mirinduba, 601 – Bento Ribeiro

- Defesa Civil: Estão recolhendo roupas, remédios, alimentos não-perecíveis, ítens básicos de higiene e colchões. Endereço: Praça da Bandeira, 156 – Rio de Janeiro

- Cruz Vermelha: Estão recolhendo roupas, remédios, alimentos não-perecíveis, ítens básicos de higiene e colchões. Endereço: Praça da Cruz Vermelha, 5 – Centro – Rio de Janeiro

- Batalhões da PMERJ: Todos os batalhões estão recolhendo roupas, remédios, alimentos não-perecíveis, ítens básicos de higiene e colchões. Saiba os endereços aqui.

- Polícia Rodoviária Federal: Nas estradas e Km’s abaixo

BR-116: Km 133 (funciona 24h)
BR-101: Km 269 (funciona 24h)
BR-040: Km 109 (das 8h às 17h)
BR-116: Km 227 (das 8h às 17h)

- Praças de pedágio da BR-040 (Concer):

Duque de Caxias (km 104)
Areal (km 45)
Simão Pereira (km 816)
Sede da concessionária (km 110/JF, em Caxias)

- Restaurante Via China: Três restaurantes estão recolhendo mantimentos e donativos, abaixo:

R. Delfina, 17 – Tijuca
R. conde de Irajá, 288 – Botafogo
Av. Armando Lombardi, 633 – Barra da Tijuca

- Rodoviária Novo Rio: Av. Francisco Bicalho, 1 – Santo Cristo – Rio de Janeiro, no embarque inferior, diariamente até as 17hs.

- Diocese de Petrópolis (43 paróquias): estão recolhendo roupas, remédios, alimentos não-perecíveis, ítens básicos de higiene e colchões. Petrópolis, Teresópolis e Areal.

- Ginásio Pedrão: R. Tenente Luiz Meirelles, 211 – Centro – Teresópolis

- Para quem quer doar em espécie: Campanha “SOS Teresópolis – Donativos” Banco do Brasil – Ag.: 0741 | C/C: 110000-9

- Petrópolis: Doações na R. Aureliano Coutinho, 81 – Centro – Petrópolis

- HortifrutiTodas as lojas Hortifruti recebem donativos. Saiba dos endereços aqui.

- Circo Voador: Durante os meses de janeiro a março, o Circo Voador também será um posto de coleta 24hs. Passe por lá quando for comprar um ingresso: R. dos Arcos, sem número – Lapa

- Grupo Matriz: A partir do dia 13/01, 20% de desconto na entrada para quem levar 1kg de alimento não-perecível em todas as casas noturnas do grupo. Mais informação aqui.

- Itaipava: Igreja Wesleyana (Vale do Cuiabá) e na Igreja de Santa Luzia (Estrada das Arcas)

- Universidade Estácio de Sá – Campus Petrópolis: Posto de coleta. R.ua Bingen, 50 – Bingen

-Unisuam: A Unisuam está arrecadando produtos de higiene pessoal (escova de dente, pasta de dente, toalha, sabonete, álcool em gel) e limpeza (detergente, desinfetante, esponja, pano de chão), além de fósforo e vela. Os postos funcionam das 8h às 21h, em Bonsucesso (Av. Paris, 72) e Campo Grande (Rua Campo Grande, 1.508); e das 15h às 21h, nas Unidades Bangu (Rua Fonseca, 240), Vila da Penha (Av. Braz de Pina, 1.744), e Jacarepaguá (Rua Apiacás, 320).

-Unigranrio: A Unigranrio montou postos de coleta em 12 unidades. Informações pelo 0800-2820007.

-Udesc: A Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc) também está solidária. Aceita doações das 13h às 19h, na Avenida Madre Benvenuta 2007, Itacorubi, Florianópolis. Todas as doações serão encaminhadas para a Cruz Vermelha, em Santa Catarina.

- Ponte Rio-Niterói: Sentido Niterói, próximo à praça do pedágio, a CCR Ponte disponibilizou um container para coletar doações

- Restaurante Bem Dito: Os donativos serão encaminhados para a filial em Nova Friburgo no domingo (16/01). Informações: (21) 2710-4397 | Av. Quintino Bocaiúva, 217 – São Francisco

- Igreja Metodista – Também recebe doações. Está localizada na Rua Mariz e Barros, 163 – Centro, Niterói

- Boulevard Shopping São Gonçalo: Av. Presidente Kenedy, 397 – São Gonçalo - (SAC)

- 12º Batalhão da Polícia Militar/Niterói: Posto de coleta 24 hs. R. Jansen de Mello s/nº – Centro, Niterói

- Casa da Amizade/Rotary: R. Murilo Portugal, 1130 – Charitas, Niterói

- Secretaria de Assistencia Social/Maricá: R. Domício Gama, 386 – Maricá. Em frente ao hospital Conde Modesto Leal

- Ministério Público: Recebe doações na portaria do edifício-sede. Av. Marechal Câmara, 370 – Centro, Rio de Janeiro – Segunda a sexta-feira, das 10h às 17h.

- Instituto Estadual do Ambiente: Doações de alimentos não perecíveis, colchonete, material de higiene e limpeza, sobretudo fraldas, e principalmente água. Av. Venezuela, 110 – Praça Mauá, Rio de Janeiro

- Banco Itaú: As agências no estado do Rio de Janeiro também são postos de coleta. Procure a agência mais próxima e faça sua doação.

- Salgueiro: A escola de samba arrecada alimentos não perecíveis, água, roupas e cobertores, na quadra. R. Silva Teles, 104 – Andaraí

- Tijuca Tênis Clube: A sede do clube recebe doações. R. Conde do Bonfim, 451 – Tijuca. Informações pelo telefone: (21) 3294-9300

- AMALeblon: A Associação de Moradores do Leblon criou um posto de coleta de donativos, que podem ser entregues no 23º Batalhão (Av. Bartolomeu Mitre, 905 – Leblon)

- Sesc, Senac e Fecomércio: As unidades do Sesc Rio e Senac Rio e a sede do Sistema Fecomércio-RJ estão coletando água mineral, alimento não perecível, roupas de cama e banho, material de limpeza e de higiene pessoal e colchões para as vítimas das enchentes na região serrana. As unidades do Sesc receberão as doações de terça a domingo, das 9h às 17h. Os pontos de coleta são:

Sede do Sistema Fecomércio – RJ: R. Marquês de Abrantes, 99 – Flamengo (segunda a sexta, 9h às 18h)
Sesc Copacabana: R. Domingos Ferreira, 160 – Copacabana
Sesc Tijuca: R. Barão de Mesquita, 539 – Tijuca
Sesc Ramos: R. Teixeira Franco, 38 – Ramos
Sesc Madureira: R. Ewbanck da Câmara, 90 – Madureira
Sesc São Gonçalo: Av. Presidente Kennedy, 755 – São Gonçalo
Sesc Niterói: R. Padre Anchieta, 56 – Centro
Sesc São João de Meriti: Av. Automóvel Clube, 66 – São João de Meriti
Sesc Nova Iguaçu: R. Dom Adriano Hipólito, 10 – Moquetá
Sesc Teresópolis: Av. Delfim Moreira, 749 – Centro
Sesc Quitandinha: Av. Joaquim Rolla, 2 – Quitandinha, Petrópolis

- Unidades Senac Rio: Horários de coleta das 9h às 19h, de segunda a sexta. Aos sábados, das 9h às 12h.

Niterói: R. Almirante Teffé, 680 – Centro
Copacabana: R. Pompeu Loureiro, 45 – Copacabana
Marapendi: Av. das Américas, 3959 – Barra da Tijuca
Faculdades Senac Rio: R. Santa Luzia, 735 – Centro
Botafogo: R. Bambina, 107

- Unidades Sesi e Senai: Sesi e Senai iniciaram campanha de arrecadação de donativos para as vítimas das chuvas na Região Serrana. Horário de funcionamento das 8h às 17h.

Sesi Barra do Piraí: Av. Mário Salgueiro, 1065 – Bairro Belvedere
Senai Barra do Piraí: R. Alan Kardeck, sem número – Muqueca
Sesi Barra Mansa: Av. Dário Aragão, 2 – Centro
Senai Barra Mansa: R. Senhor do Bonfim, 130 – Saudade
Sesi/Senai Benfica: Pç. Natividade Saldanha, 19 – Benfica
Senai Campos dos Goytacazes: R. Bruno de Azevedo, 37
Sesi Campos dos Goytacazes: Av. Deputado Bartolomeu Lysandro, 861 – Guarus
Sesi/Senai: R. Santa Luzia, 685/5o. andar – Centro, Rio de Janeiro
Sesi Duque de Caxias: R. Artur Neiva, 100 – Bairro 25 de Agosto
Sesi Honório Gurgel: R. Loreto do Couto, 673
Sesi Itaperuna: Av. Dep. José de Cerqueira Garcia, 883 – Bairro Presidente Costa e Silva
Senai Itaperuna: Av. Zulamith Bittencourt, 190/ 1o. e 2o. andar – Cidade Nova
Sesi Jacarepaguá: Av. Geremário Dantas, 342 – Tanque
Senai Jacarepaguá: Av. Geremário Dantas, 940 – Freguesia
Sesi/Senai Laranjeiras: R. Esteves Júnior, 47 | R. Ipiranga, 75 – Laranjeiras
Sesi Macaé: Al. Etelvino Gomes, 155 – Riviera Fluminense
Senai Macaé: Av. Pref. Aristeu Ferreira da Silva, 70 – Novo Cavaleiro
Senai Maracanã: R. São Francisco Xavier, 417 – Maracanã
Senai Mendes: R. Prof. Paulo Sério Nader Pereira, 250 – Centro
Senai Niterói: R. General Castrioto, 460 – Barreto
Sesi/Senai Nova Iguaçu: R. Gerson Chernicharo, sem número – Bairro da Luz
Sesi Petrópolis: Av. Barão do Rio Branco, 2564 – Centro
Senai Petrópolis: R. Bingen, 130 – Bingen
Sesi Resende: R. Marcílio Dias, 468- Jd. Jalisco
Senai Resende: R. Sarquis José Sarquis, 156 – Jardim Jalisco
Sesi/Senai Santa Cruz: R. Felipe Cardoso, 713

Campanha PARADA SOLIDÁRIA da FETRANSPOR

Colocação de ônibus em pontos de grande circulação de pessoas, identificados com faixas com os dizeres “Parada Solidária – Faça aqui sua doação / Desabrigados pelas chuvas” e as logomarcas da Fetranspor e dos parceiros (Prefeitura do Rio, sindicatos etc.)

Todos os sindicatos com participação confirmada

Postos no Rio que receberão as doações:

o Carioca – Ônibus estacionado na Praça da Rua da Carioca – entre o Convento Santo Antônio, Prédio De Paoli e em frente ao ponto da linha 217 – Empresa Vila Isabel

o Cinelândia – Ônibus estacionado na Praça da Cinelândia – em frente ao Teatro Municipal – Empresa São Silvestre.

o Barra – Terminal Alvorada (Administração)

o Ilha do Governador – Região Administrativa da Prefeitura – Rua Orcadas 435 – Atrás Shopping Ilha Plaza – Empresa Ideal

o Ipanema – Praça General Osório – Ônibus estacionado na Rua Jangadeiros, do lado da Praça – Empresa Real

Postos em Caxias/Magé:

o Terminal Rodoviário Plínio Casado (Caxias)

o Terminal Rodoviário do Shopping Center (Caxias)

o Rodoviária de Piabetá Piabetá/Magé)

o Praça da Prefeitura de Magé

Posto em Niterói

o Terminal João Goulart em frente ao posto do Setrerj

Posto em Petrópolis

o Sede do Setranspetro – Rua do Imperador, 100 – Centro (não terá ônibus)

Utilização de pessoas contratadas pela Fetranspor, vestidas com camisetas da campanha, para receber as doações e registrá-las em planilha específicas;

• Os postos de coleta funcionarão de 8h às 20h (menos no primeiro dia, quando o recolhimento terá início às 12h) com dois turnos de atendentes, nos dias 14 a 21 de janeiro. Ao final do expediente, um supervisor validará os dados constantes da planilha, informando aos organizadores para as devidas providências.

• Os donativos arrecadados serão encaminhados para a Cruz Vermelha

CAMPANHA RIOSOLIDÁRIO

Dentre os itens de maior necessidade estão água mineral, alimentos não perecíveis, produtos de higiene pessoal, roupas, cobertores e material de limpeza. Também são necessários colchonetes, fraldas descartáveis, leite em pó, lençóis, utensílios domésticos e brinquedos.

Aos interessados em colaborar, o RIOSOLIDARIO sugere que as doações sejam entregues nos seguintes locais:

- Todos os Batalhões da Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro

- Fundação para a Infância e Adolescência – FIA
Rua Voluntários da Pátria, 120 – Botafogo – Rio de Janeiro. Cep: 22270-010

Rua General Castrioto, 589 – Barreto – Niterói. Cep: 24110-160

Ginásio do Maracanãzinho
Rua Professor Eurico Rabelo, s/n – entrada pelo portão 12 A – das 8h às 20h

Ginásio Caio Martins
Av. Presidente Backer, s/n – Icaraí – Niterói – entrada pelo portão principal na Avenida Roberto Silveira – das 8h às 20h.

Nova Friburgo
Postos de pedágio da RJ 116

Petrópolis
Ciep de Itaipava
Estrada União Indústria, 11860 – início da estrada Petrópolis – Teresópolis
Tels.: (22) 2246-8743 / (22) 2246-8744

Teresópolis
Ginásio Pedrão
Rua Tenente Luiz Meirelles, 211 – Centro
Tels.: (21) 2743-1740 / (21) 2742-5381 / (21) 3641-5516

Para quem quiser fazer doações em dinheiro, o RIOSOLIDARIO disponibilizou duas contas da instituição:

RIOSOLIDARIO – Obra Social do Rio de Janeiro

Banco do Brasil
Agência: 1769-8
Conta Corrente: 8105-1
CNPJ: 00517666/0001-11

Bradesco
Agência: 227
Conta Corrente: 106820-2
CNPJ: 00517666/0001-11

ALERJ recebe donativos para vítimas

As doações serão recolhidas no Palácio Tiradentes, no Saguão Getúlio Vargas, diariamente, entre as 10 e as 17 horas.

SESI e GLOBO RIO

O Sesi-RJ e a Globo Rio, através da Rede de Solidariedadedo Sesi/Senai-RJ, mobilizaram unidades espalhadas em diversos municípios doEstado do Rio de Janeiro para o recebimento de doações para as vítimas da chuva.

A Globo Rio divulgará a campanha em sua programação, com o objetivo de estimular doações em unidades Sesi e Senai quevão atuar como postos de recebimento de donativos de toda a sociedade.

Foram doados pela Firjan (Federação das Indústriasdo Estado do Rio de Janeiro) cinco mil kits de material de limpeza, duas mil cestasbásicas, 70 mil litros de água mineral, seis mil colchonetes, seis mil cobertorese cinco mil kits de higiene pessoal, estes últimos cedidos pela Chevron. A Firjan também mobilizou seus mais de cincomil funcionários para que colaborem.

As unidades vão receber, de 8h às 17h:
- material de limpeza: vassoura, pano dechão, sabão em barra, sabão em pó, rodo, detergente e cloro.
- material de higiene pessoal: creme dental, escova de dente, escova de cabelo, sabonete, xampu e condicionador.
- água potável e alimentos não-perecíveis: arroz, feijão, fubá, macarrão, leite em pó, açúcar, café em pó e enlatados.


S.O.S – TERESÓPOLIS – DOAÇÕES EM DINHEIRO:

Prefeitura de Teresópolis
Conta corrente no Banco do Brasil.
agência é a 0741-2 e o número da conta é 110000-9.

Programa de Voluntariado Viva Rio
(Banco do Brasil, agência 1769-8, conta-corrente 411396-9 e CNPJ: 00343941/0001-28).

DOAÇÕES DE SANGUE.
O HEMORIO – 0800-282-0708 – (Rua Frei Caneca, 8 – Centro do Rio de Janeiro),

Ministério Público: O Ministério Público está recebendo doações na portaria do edifício-sede, na Avenida Marechal Câmara, número 370, no Centro. O donativo pode ser entregue das 10 às 17 horas, de segunda a sexta-feira.


Tribunal de Contas do Estado:
O Tribunal de Contas do Estado do Rio de Janeiro (TCE-RJ) está arrecadando entre seus servidores doações que serão encaminhadas aos desabrigados. Todo o material arrecadado será entregue na unidade do Corpo de Bombeiros da Praça da República, Centro do Rio.


Arquidiocese do Rio:
A Cáritas Arquidiocesana do Rio está recebendo doações em duas contas: Bradesco, Agência 0814-1, conta corrente 48500-4 e Banco do Brasil, Agência 3114-3, conta corrente 30000-4. Doações em espécie podem ser deixadas na Catedral de São Sebastião (Avenida Chile 245, no Centro).

Rio Bonito: A prefeitura está recolhendo donativos e recebendo doação de sangue para as vítimas. As doações podem ser feitas na Praça Fonseca Portela. O sangue pode ser doado no Hemonúcleo, na Rua Martinho de Almeida, número 222, na Mangueirinha, anexo ao Ambulatório Manoel Loyola. Funciona de segunda a sexta-feira no período da manhã.


Estações do metrô:
O Metrô Rio está arrecadando água, alimentos e produtos de higiene pessoal nas estações Carioca, Central, Largo do Machado, Catete, Glória, Ipanema/General Osório, Pavuna, Saens Peña, Botafogo, Nova América/Del Castilho e Siqueira Campos.


Supermercados:
O grupo Pão de Açúcar montou postos de arrecadação em todas as 100 lojas da rede no estado do Rio. As doações podem ser feitas nos estabelecimentos Pão de Açúcar, ABC Compre Bem, Sendas , Extra Supermercados e Assaí. Os donativos serão entregues até 26 de janeiro.


Hortifruti:
A Rede Hortifruti está disponibilizando postos de arrecadação em todas as lojas da rede no Rio de Janeiro para os clientes que quiserem fazer doações. Roupas, roupa de cama, água mineral e alimentos não perecíveis poderão ser entregues no balcão de atendimento. Tudo o que for arrecadado será entregue diretamente nas regiões afetadas por meio do sistema logístico da Hortifruti.

Flamengo: O clube está recebendo donativos na sede, localizada na Gávea.

São Gonçalo disponibiliza 11 pontos de doação
Os endereços:

Cras Centro: Rua Aloísio Neiva, 347 (próximo ao Hospital Menino de Deus).
Cras Engenho Pequeno: Rua Mentor Couto, 925 (antigo Fire Day)
Cras Itaoca: Rua Antônio Leôncio, Lote 33
Cras Salgueiro: Rua Sobral Campos, 101
Cras Alcântara: Rua Uriscina Vargas, 36
Cras Guaxindiba: Rua Aquilino de Carvalho, s/n º (Polo Municipal Guaxindiba)
Cras Santa Izabel: Estrada de Santa Izabel, 95
Cras Tribobó: Rua Alfeu Rabelo, Lote 10, Quadra 04
Cras Vista Alegre: Rua São Pedro, 2 (antiga LBA)
Cras Jardim Catarina I: Rua Visconde de Seabra, s/nº Santa Luzia (E.M. Anísio Teixeira na antiga rua 28)
Cras Jardim Catarina II: Rua Camilo Formige, Lote 06, Quadra 153 (próximo ao Ale na antiga rua 40).

A Secretaria de Governo também está recebendo doações para as vítimas das chuvas. Água mineral e leite em pó são itens importantes para a região, devido ao grande número de crianças desabrigadas. As doações podem ser entregues no quarto andar do prédio anexo do Palácio Guanabara, na Rua Pinheiro Machado s/n, em Laranjeiras.

A Secretaria de Turismo inicia nesta sexta-feira (14/1) outra campanha. A partir das 9h, roupas, agasalhos, cobertores, água mineral, remédios e alimentos não perecíveis podem ser entregues na Rua México 125, centro do Rio. A sede do Inea (Instituto Estadual do Ambiente) também aceita doações na Avenida Venezuela, 110, Praça Mauá. A Fundação Ceperj (Centro Estadual de Estatísticas, Pesquisas e Formação de Servidores Públicos do Rio de Janeiro) recebe artigos de primeira necessidade no endereço Avenida Carlos Peixoto, 54, Sala Djanira, térreo, Botafogo, nos dias úteis, das 10 às 16h.


O Blog do Rafael Oliveira também expressa condolências a Região Serrana. Desejamos toda a sorte para que a vida da cidade e dos cidadãos volte ao mais normal possível e o mais breve possivel.



Texto escrito e postado por Rafael Oliveira, 15 de Janeiro de 2011

Um comentário:

  1. Agora, mais do que nunca, espera-se que as cidades, estados e o país façam o dever de casa e aprendam, de uma vez por todas, que favela NÃO é lugar de gente morar. REMOÇÃO DE TODAS AS FAVELAS E, JÁ! A começar pelas mais perigosas, ou seja, aquelas que oferecem riscos iminentes a vida humana. Processo e cadeia para todos aqueles que se colocarem no caminho das remoções. Fora com os populistas oportunistas, sejam eles quem forem: Fulanos, Beltranos, Ciclanos, vereados, deputados, senadores, prefeitos, governadores, presidentes, ministros, advogados, juízes, ONGs e etc e tal!
    Toda e qualquer pessoa que se coloque no caminho das remoções, obstruindo ou retardando o processo, deve ser responsabilizada criminalmnte por todas as futuras mortes decorrentes dos seus atos.

    ResponderExcluir

Clique aqui para deixar um comentário. Caso você não tiver uma conta Google, assine o seu nome abaixo.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Curta o nosso site com o facebook e Google+