segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

Está chegando o Réveillon 2010/11 no Rio de Janeiro

Saiba onde comemorar o Réveillon desse ano no Rio de Janeiro

http://oglobo.globo.com/fotos/2007/01/01/01_MHG_rio_reveillon01.jpg

Todos sabem que a "Festa de Ano Novo" no Rio de Janeiro é a melhor do mundo, além da sensação de estar na Cidade Maravilhosa, o Rio apresenta os melhores efeitos especiais e queima de fogos para a virada do ano.

Por isso não podemos nos esquecer da queima dos fogos na praia de Copacabana. Esse ano os shows musicais em Copacabana realmente estão fracos comparados às promessas do Prefeito no início do ano (Recompensado com o show do rei Roberto Carlos no dia 25), mas por outro lado, os efeitos valerão a pena, já que o show carioca é o mais belo em todo o Planeta. A logomarca das Olimpíadas de 2016 também será apresentada durante esse programa.

O tema da virada do ano em Copacabana será "Década de Ouro", em homenagem aos eventos internacionais que acontecerão no Rio de Janeiro nos próximos anos, que os leitores desse Blog já sabem que serão muitos.

Os fogos de artifícios desse ano não virão mais da China, como aconteceu nos últimos anos, mas sim da Espanha, prometendo uma qualidade superior, seguindo os moldes da Disney, porém em 03 balsas em 11 pontos de queima na vista mais bela do mundo, e uma visibilidade bem melhor comparado ao ano anterior.

Outra atração em Copacabana será os Efeitos Musicais que pela primeira vez os artefatos do réveillon foram feitos sob medida para se adaptar à trilha sonora que tocará música clássica. Antes haverá também um espetáculo de projeções a laser

O investimento em Copacabana é de R$17,5 milhões. Haverá 20 minutos de queima.




Porém não será apenas Copacabana que comemorará essa grande celebração. Haverá festas também na Penha, Piscinão de Ramos, Ilha de Paquetá, Ilha do Governador, Pedra de Guaratiba e Sepetiba.

O Réveillon da Baixada também promete valer muito a pena. Esse ano acontecerá em São João de Meriti com queima com bombas que reproduzem sorrisos, corações, estrelas e flores, com o patrocínio da Rede Globo.

No Flamengo está sendo preparada uma grande queima de fogos com duração de 20 minutos.

E claro que não poderíamos nos esquecer dos dois maiores concorrentes do Réveillon de Copacabana. O primeiro é na Barra da Tijuca que já atraiu milhões de pessoas também na orla da praia, mas com o diferencial dos fogos "ficarem" sobre os edifícios. Na última versão foi bem aclamada pelo público, porém esse ano a equipe não fez tanta propaganda (e investimento) e aparentemente estará mais fraco, começando pelos shows.

O segundo que jamais podemos esquecer é a Festa de Fim de Ano em Niterói, precisamente na praia de Icaraí. Com 20 minutos de queima de fogos. Os organizadores prometem um show inovador, fato que os hotéis da cidade estão 100% ocupados. Até o momento não encontramos muitas noticias concretas de Queima de Fogos (e como seria) na região oceânica da cidade.



Na Praia do Forte, região dos lagos, haverá 21 toneladas de fogos de artifício para 16 minutos. Os hotéis de Cabo Frio estão 100% lotados. A Praia do Anil, em Angra, também contará com a tradicional queima de fogos, apesar dos shows serem uma grande decepção.


Vale lembrar que alguns clubes, hoteis e restaurantes no Estado também terão pacotes especiais para a noite de Réveillon, principalmente na Capital, como por exemplo, no Clube dos Caiçaras, na Lagoa Rodrigo de Freitas e até mesmo no Pão de Açúcar, Hotel Intercontinental, Clube Costa Brava, Museu de Arte Moderna, Forte de Copacabana e Iate Club, todos esses com reserva antecipada.

OBS: Vale lembrar que qualquer uma dessas celebrações pode sofrer mudanças ou até serem canceladas até a última hora (exceto em Copacabana e na Baixada)

Texto escrito e postado por Rafael Oliveira, 27 de Dezembro de 2010

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Clique aqui para deixar um comentário. Caso você não tiver uma conta Google, assine o seu nome abaixo.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Curta o nosso site com o facebook e Google+