sexta-feira, 22 de outubro de 2010

Violência no Rio cai, no Brasil piora

Rio tem menor número de homicídios desde 1991, enquanto o Brasil cresce para o 2° lugar em furtos a lojas

http://www.baixaki.com.br/imagens/wpapers/BXK20468_brasil-alegria800.jpg

O Instituto de Segurança Pública (ISP) anunciou hoje (22 de Outubro) os dados da redução da violência no Rio de Janeiro, principalmente em relação a homicídios. A queda foi de 20,4%, a maior queda do mês de Agosto de 1991. O governo espera a redução de 6,33% no número de casos.

A quantidade de latrocínios no Estado do Rio de Janeiro também teve uma pequena queda, junto com o roubo de rua (8%) e roubo de veículos (19,1%).

Porém vemos uma grande diferença fora do nosso Estado. O Brasil agora ocupa, ao lado de Marrocos, o segundo lugar no ranking onde lojas são mais furtadas, a pesquisa foi da BBC. O Brasil perdeu apenas para a Índia. Porém, não é apenas o Brasil que sofre esse problema na América Latina, mas também o México e Argentina.

O Brasil ficou a frente de países como África do Sul, México, Tailândia, Malásia e Turquia. Os países que ficaram mais longe dessa lista foram Taiwan, Hong King e Áustria. Os Estados Unidos (10º lugar), o Canadá (12°) e a Austrália (15º) foram os países desenvolvidos que tiveram pior desempenho.

Vemos aqui um trabalho/missão para o próximo presidente, ou seja, lutar contra a vergonha do Brasil ao aparecer nessa lista, investindo em segurança e industrialização plena para todo o país. Ao invés de nada investir nos Estados e apenas desviar recursos de uma minoria.

Texto escrito e postado por Rafael Oliveira, 22 de Outubro de 2010

5 comentários:

  1. Removeram os municípios da Baixada e a Pavuna para a elaboração dos dados né?

    ResponderExcluir
  2. O fato é que mesmo com a queda da violência no estado, percebe-se um crescimento percentual da violência na Baixada Fluminense, principalmente a região de Nova Iguaçu e Duque de Caxias. Bom para os cariocas (e outras cidades), infelizmente ruim para os moradores da região da baixada.

    ResponderExcluir
  3. Culpa das UPPs
    São Jão de Meriti, onde resido, até 3 meses atrás era considerada uma cidade supreendentemente tranquila
    mas logo após a eleição pra governador (q pena) foram 5 arrastões e quase 20 assassinatos
    o pior é q a guerra de traficantes estoura aq apesar de ñ possuirmos favelas!
    acho interessante olimpíadas e copa e o raio a quatro q venha, mas q benefícios reais eles tem trago? pra capital vários, mas e pra cá?
    a Baixada continua a mercê de políticos "Heróis" q pintam calçada, ao invés de investirem em educação de base, ocupabilidade temporal infantil e a bendita segurança!
    vc postou a estação 100% climatizada, mas e nós? 220 milhçoes resolveriam nossos problemas de segurança kra! é pensar no coletivo como manda a constituição, ñ nos estrangeiros
    e o maldito saneamento q ñ aparece?
    posta ai tbm uma reportagem sobre a rodovia marginal do sarapuí, promessa desse safado marginal miliciano do Cabral e da corja Lulista q convence com bolsa-miséria!

    ResponderExcluir
  4. Eu poderia escrever muita coisa aqui, mas tudo se resume em: A Baixada, Angra, a Região dos Lagos e até a capital merece um governador que governe para o povo, pensando no futuro, construindo realmente um estado do futuro, mas principalmente dando uma vida digna a todos, começando por pequenos detalhes. Até porque é o mais importante. O Brasil não precisa dos bolsas-esmolas, o Brasil precisa de um governo eficiente e investimentos em educação.

    ResponderExcluir
  5. Rafael Oliveira sabe tudo! Fora Upp e mais educação, escolas, atendimento social, inclusão,
    etc,,,,etc....

    ResponderExcluir

Clique aqui para deixar um comentário. Caso você não tiver uma conta Google, assine o seu nome abaixo.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Curta o nosso site com o facebook e Google+