quinta-feira, 14 de outubro de 2010

Reforma das Praças

Prefeitura do Rio de Janeiro anuncia projeto de limpeza e reparos nas Praças do Rio até 2012

http://3.bp.blogspot.com/_3Ejc1nLpYck/TIAY5gfOwfI/AAAAAAAAACU/3cyqRVYO4d4/s1600/pra%C3%A7a+paris.jpg


A cidade do Rio de Janeiro conta com um total de 1274 praças. E segunda a prefeitura todas essas serão revitalizadas até 2012. Esse é o projeto A Praça é Sua, anunciada essa semana pela Secretaria Municipal de Conservação.

O principal ponto em questão dessa reforma é a limpeza, iluminação, reparos em geral e podas de árvores. Uma das primeiras a receber tal reforma será a Praça Clomir Teles Cerbino, em Olaria.

Cada praça também ganhará um gari fixo. Segundo a Prefeitura, serão entre 60 e 70 praças serão revitalizadas por mês, onde cada uma deverá ficar pronta em 10 dias.


Texto escrito e postado por Rafael Oliveira, 14 de Outubro de 2010
Foto: Praça Paris, zona sul do Rio de Janeiro


6 comentários:

  1. Quando chegar na metade do número de praças a serem reparadas, as primeiras já estarão pior do que estavam antes. O povo já terá depredado tudo, novamente. Se não houver uma manutenção permanente, será dinheiro jogado fora!
    Aqui é assim, um pra consertar, conservar e dois ou três para quebrar, pichar.

    ResponderExcluir
  2. Essa é a triste realidade do nosso país. Eu mesmo estive em um projeto de reforma de uma escola pública em Brasília há pouco tempo. A escola, em área carente, foi totalmente modernizada e reformada pelo Governo e uma ONG, mas em menos de um mês já estava toda pichada e quebrada.

    O mesmo acontecerá com essas praças, há bairros onde os cidadãos prezam por seu bem público, mas outros realmente destruirão e picharão tais praças antes mesmo da conclusão do projeto. Lamentável isso. Seja ônibus modernos ou até centros de lazer, mas muitos reclamam do governo e não dão valor ao que recebem.

    O Governo deve sim reformar todas as praças, mas também conservar, reformar, manejar e trazer segurança em respeito aos mais educados, ou seja, os verdadeiros cariocas.

    ResponderExcluir
  3. Eu moro numa região de classe média. Por incrível que pareça, não há comunidades por perto. Mas nem por isso, as cesta de lixo deixam de ser arrancadas. De onde se deduz que não são apenas as pessoas de baixa renda que agem como vândalos, mas os "filhinhos de papai", também!
    Até que a pracinha que existe aqui perto não está tão ruim assim, não.
    Talvez seja pelo fato de a maioria dos equipamentos ser de ferro.

    ResponderExcluir
  4. Educação não tem a ver com renda, mas sim com algo muito além, começando pelo carater da pessoa. Há praças na região da Tijuca que estão em situação degradante, mesmo estando em uma região considerada de classe alta, assim como há outras praças em áreas mais pobres que mesmo com o pouco investimento vê-se um cuidado maior da população.

    Porém sabemos que há regiões onde a população cuida menos de seu bairro do que outros, e isso é lamentável.

    ResponderExcluir
  5. Falando em Tijuca, bem que a Saens Pena podia ser reformada.....não só a praça em si, como o entorno......é uma área de extrema importância para o bairro e devia ser mais bem cuidada......e revitalizada com mais restaurantes, teatros, cinemas, etc...

    ResponderExcluir
  6. Também penso assim, até porque a região da Saens Pena tem grande potêncial cultural e até mesmo para lazer caso houvesse um projeto da Prefeitura em levar restaurantes, teatros, cinemas, entre outros.

    ResponderExcluir

Clique aqui para deixar um comentário. Caso você não tiver uma conta Google, assine o seu nome abaixo.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Curta o nosso site com o facebook e Google+