quinta-feira, 21 de outubro de 2010

O dia que uma bolinha de papel quase matou José Serra...

Noticias sobre o Atentado de Papel contra José Serra
http://3.bp.blogspot.com/_FAcVtSpJJX8/TBkeQM2DVMI/AAAAAAAAAGg/SoQelUxUL-M/s1600/IMG_0956.JPG

A polêmica do momento das Eleições 2010 foi a visita do candidato do PSDB, José Serra, a zona oeste do Rio de Janeiro.

O candidato aproveitou a visita ao Rio de Janeiro para fazer um corpo a corpo no calçadão do bairro de Campo Grande, um dos bairros mais populosos do Rio de Janeiro. Mesmo estando no subúrbio da cidade, o bairro da zona oeste é um dos que mais cresceram no últimos meses, ou seja, um ótimo lugar para pedir votos.

Porém a caminhada no calçadão trouxe uma grande polêmica. Tudo começou quando Serra passou por um grupo de militantes do PT (Partido dos Trabalhadores - Partido que os políticos Dilma e Lula fazem parte) e entraram em confronto moral com o PSDB. Durante a discussão, alguém jogou uma bolinha de papel na cabeça do candidato Serra.

Alguns jornais brasileiros aumentaram o objeto, como foi o caso da sensacionalista Rede Globo que afirmou que foi uma fita crepe. A Rede Record já afirmou que foi um rolo de fita adesiva, o jornal "Estado de São Paulo" já disse que foi um rolo de papelão, enquanto a acessoria do PSDB disse que foi uma bandeira do PT. Porém uma câmera da emissora SBT flagrou que Serra foi atingido pelo que parece ser uma simples bolinha de papel, as mesmas que adolescentes brincam em sala de aula.


Logo após ser atingido pela bolinha de papel, percebe-se que Serra continuou fazendo a caminhada, mas após receber um telefonema, ele afirmou sentir dores na cabeça, e foi levado para um hospital da região para fazer um exame de ressonância magnética.

O médico que o examinou, Jacob Kligerman, disse que nada errado foi constatado e recomendou repouso de 24 horas.

Ess foi até mesmo um dia de piadas no Twitter, onde todo os tipos de piadas sairam:
“Quando a criançada da 5ª série descobrir que tomar bolinha de papel garante 24h de repouso, vai ser uma festa”, postou no Twitter o internauta @necaboullosa .
“Bolinha de papel: médico recomenda a Serra repouso por quatro anos”, comentou o internauta @planetariopardo.
“Lula perdeu dedo, Dilma venceu câncer, Serra leva uma bolinha de papel e pede tomografia...”, postou @maudiz.
“O exame de ‘bolística’ determinou que o projétil saiu de um chumaço de Maxprint, calibre A4”, disse Rodolfo Cabral.

“Células terroristas Chamex, Maxprint e Aracruz disputam autoria do atentado!”, comentou Pedro Almeida.

“Ações da Faber Castel, Chamex e Xerox saltam e o povo compra papel desesperadamente. Serra teme uma guerra civil”, comentou Felipe Salgado.

“Bolinha de papel é considerada arma branca”, brincou Leticya Simões.

“Pedra vence tesoura. Tesoura vence papel. Papel vence Serra!”, disse Tiririca

Alguns ainda dizem de um segundo objeto arremessado, mas por que ele sentiu dor apenas vinte minutos depois?




Não vou afirmar que os militantes do PT tem motivos para rir do péssimo mentiroso José Serra, até porque foi um ato de vandalismo e ato totalmente irracional dos membros do PT. Porém é bom para ver os dois lados da moeda de quem os brasileiros escolheram para o segundo turno dessas eleições.

Veja abaixo o vídeo completo:



Texto escrito e postado por Rafael Oliveira, 21 de Outubro de 2010

Um comentário:

  1. Mas tacaram 3 objetos nele
    primeiro a bolinha de papel, e quando ele estava próximo a van, bem mais pra frente, tacaram outros 2
    o segundo foi um pedaço de cabo-de-vassoura de uma bandeira do PT, q pegou num pastor q se levantou antes q ela o atingisse
    e dpois um rolo de fita durex parece, daqle maior e esse pegou na nuca dele

    ResponderExcluir

Clique aqui para deixar um comentário. Caso você não tiver uma conta Google, assine o seu nome abaixo.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Curta o nosso site com o facebook e Google+