terça-feira, 5 de outubro de 2010

Como funciona os votos para Deputado

Entenda como funciona as Eleições para Deputado no Brasil e o porquê Tiririca puxou outros deputados com sua vitória

http://3.bp.blogspot.com/_KttPFHAZ6Dk/SMHnX22IaUI/AAAAAAAAALs/gg2tObgs-oM/s400/vadiagem-camara-dos-deputados-jb.jpg

Alguns leitores me enviaram emails pedindo para explicar o Efeito Tiririca de votos que tanto tem se comentado em alguns jornais, já que realmente é complicado de entender o porquê Tiririca poderá carregar consigo alguns outros políticos que tiveram menos votos.

Só para começar: O sistema de eleição para Deputados é diferente dos demais sistemas. Nas Eleições para Prefeito, Senador, Governador e Presidente, o sistema conta a quantidade de votos, ou seja, o candidato com maior número de votos vence.

Já no caso dos parlamentares, o voto não pertence ao candidato, mas sim ao partido/coligação. Um exemplo claro de uma eleição anterior é o candidato Vanderlei Assis (Prona) que obteve 275 votos e foi eleito, enquanto Jorge Tadeu (PMDB) com 127.638 votos não foi eleito.

Isso acontece porque o Brasil adota o sistema de Quociente Eleitoral para eleger deputados. Esse índice é que determina o número de vagas que cada partido (legenda) vai ocupar no poder legislativo.

Os candidatos mais bem votados ampliam seu número de vagas para os candidatos menos votados de seu partido. Ou seja, quantos mais votos um candidato recebe, mais ele dividirá com os candidatos corruptos - ou não - de um partido que o povo não elegeu diretamente.

Por isso, certos partidos nessas eleições se aproveitaram de "palhaços" para conseguir votos, assim poderia eleger aqueles que o povo não queria eleger, como é o caso do Vanderlei Assis. Em outras palavras, a tática da Didatura para controlar os opositores, hoje em dia é utilizado pelos partidos para um tipo de cota.

Vale lembrar que Vanderlei Assis entrou só porque Eneias foi o deputado mais votado nas eleições de 2002, já que os 1.575.000 votos do Prona (Sendo 1.573.112 votos de Eneias) foi igual a 5 vagas para o Prona. Vanderlei Assis ficou em 634º lugar no ranking.

Ildeu Araújo foi outro candidato que recebeu benefícios de Eneias no mesmo ano, e foi logo depois acusado de improbidade administrativa relativos à Máfia dos Sanguessugas.

Esse ano, Tiriririca garantiu além de sua vaga, outros 3,5 deputados. Aqui no Rio, Garotinho já garantiu a vaga de outros três de seu partido, por coiscidência do mesmo de Tiririca, PR.

Não é a toa que a coligação investiu R$ 593,9 mil no palhaço. E os candidatos que Tiririca puxou foram: Otoniel Lima, Vanderlei Siraque e Protógenes Queiroz.

Vanderlei Siraque nessas eleições já foi acusado de propaganda irregular na Internet. Os brasileiros realmente votam nas Eleições como se fosse um reality show da TV, depois reclama do futuro - e do presente - do Brasil.

Texto escrito e postado por Rafael Oliveira, 05 de Outubro de 2010

Um comentário:

  1. Adooreeeeei essa letraaa >>> VAÕ TOMA NO CÚ SEUS FDP KKKKKKKKKKKK'
    Como eu não tinha nada pra escrever eu escrevi isso , mas esse comentario não foi pra quem escreveu o texto tá ;]

    ResponderExcluir

Clique aqui para deixar um comentário. Caso você não tiver uma conta Google, assine o seu nome abaixo.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Curta o nosso site com o facebook e Google+