sábado, 14 de agosto de 2010

Poupa Tempo em São Gonçalo

São Gonçalo ganhará 'Rio Poupa Tempo' em dezembro

http://urutau.proderj.rj.gov.br/imprensa_imagens/EditaImprensa/fotos/poupa%20tempo%20rio%20001.jpg

Depois de anunciar novos Centros Vocacionais Tecnológicos (CVTs) para São Gonçalo, o governador e candidato a reeleição, Sérgio Cabral (PMDB), anunciou, quinta-feira (12), que a cidade vai receber até dezembro uma agência do ‘Rio Poupa Tempo’, programa que reúne vários serviços para a população. A novidade foi contada durante a visita que o peemedebista fez a agência de Bangu do ‘Rio Poupa Tempo’.

O chefe do Executivo fluminense aproveitou para conversar com os funcionários da agência localizada na zona oeste da capital. Enquanto conversava com os trabalhadores, o governador ressaltou os números apresentados pela agência de São João de Meriti, que foi inaugurada em setembro do ano passado.

“Aqui, em Bangu, o Poupa Tempo já registrou mais de 1 milhão e 500 mil atendimentos, em um ano. O de São João de Meriti, inaugurado em setembro do ano passado, já está com quase 700 mil atendimentos. Em dezembro, teremos o Rio Poupa Tempo em São Gonçalo. São mais de 400 serviços para a população. Serviços federais, estaduais, municipais e até privados. O Rio Poupa Tempo dá conforto às pessoas e segurança para economizarem o tempo que gastariam indo de lá para cá, tirando um documento aqui, uma carteira da identidade acolá. O segredo do sucesso aqui é que você tem juizado de pequenas causas, Defensoria Pública, Procon, Detran, Junta Comercial, Prefeitura, INSS, Caixa Econômica, Ministério do Trabalho, Riocard para tirar a gratuidade. Todo mundo junto, trabalhando para aquele que nos interessa: o ser humano”, declarou o governador.

Durante a visita a agência do programa ‘Rio Poupa Tempo’, o governador anunciou também que o Hospital Estadual Carlos Chagas, em Marechal Hermes, vai realizar cirurgias bariátricas (redução de estômago) até o fim deste ano. Cabral disse que solicitou a Secretaria Estadual de Saúde e Defesa Civil que avaliasse a possibilidade da unidade da rede estadual fazer aquele tipo de cirurgia e que recebeu a resposta positiva na quarta-feira.


Publicado em 14 de Agosto de 2010

12 comentários:

  1. Rafael, porque vc não faz um post comentando as coisas que o Rio perde por pura incompetência do Gov. estadual?
    Cara, mais uma fábrica de automóveis que, a princípio, viria para o Rio, acabou indo para outro estado. Estou falando da CHERY, mas poderia estar falando da Honda, Hiunday e muitas outras que construíram novas unidades no Brasil, no últimos anos, e foram para tudo quanto foi canto, até o nordeste e centro oeste.
    Será que o Rio é tão ruim assim que não consegue implantar um indústria automotiva de peso?
    Sabemos que o setor petrolífero no estado é muito forte, mas este seguimento gera pouquíssima mão de obra. Já o setor automotivo gera dezenas de milhares. É um efeito cascata. Quando se instala uma fábrica de automóveis, várias outras de fornecedores se instalam ao redor.
    O que, afinal de contas, o nosso mandatário fez durante suas viagens à Ásia, que não conseguiu atrair sequer um investimento até agora?
    TODOS ESSES INVESTIMENTOS QUE ESTÃO SENDO CONCLUÍDOS NO ESTADO JÁ ESTAVAM PREVISTO E SEUS CONTRATOS ASSINADOS ANTES DA ATUAL GESTÃO.
    Nem com COPA e OLIMPÍADA este governo de estado consegue investimentos de peso.
    Sinceramente....

    OBS: Meu comentário não tem nada a ver com preferência política, pois não me envolvo nessas questões.
    Aliás, se fosse puxar a brasa, estaria puxando para o atual governo,pois teria motivos particulares para isso, mas quero continuar isento em minha opinião!

    Obrigado,

    Luiz Felipe

    ResponderExcluir
  2. Olá Rafael!

    Gostaria de enviar um informativo da Festa do Teatro. Trata-se de uma ação de incentivo a democratização cultural que distribuirá gratuitamente de 12 mil ingressos de peças de teatro no Rio de Janeiro nesta semana.

    Para tanto, peço que me passe um e-mail de contato através do festadoteatro@comunicacaodirigida.com.br.

    Mais informações no www.festadoteatro.com.br.

    Twitter: www.twitter.com/festa_do_teatro

    Obrigado.

    Renato Pedreira
    Comunicação Dirigida | Festa do Teatro
    festadoteatro@comunicacaodirigida.com.br | Tel 11 3881-1710

    ResponderExcluir
  3. Luíz Felipe. Eu diversas vezes critiquei aqui o Governo Cabral, assim como também critico a Gabeira.

    Mas o que você disse é bem sério e prova a grande incompetência de Sérgio Cabral como Governador do Estado do Rio de Janeiro. Foi lamentável o Rio perder mais uma fábrica que viria pra cá.

    Mas não é apenas incompetência de Cabral, mas falta de vontade desse governador. Ele pouco fez pelo Rio e esse pouco ainda foi nesses últimos 12 meses, como esse próprio Poupa Tempo, anunciado em época de eleição. Tudo bem que é louvavel o Poupa Tempo, as UPAs e as UPPs, mas o Rio merece muito mais do que investimentos rápidos em periodo eleitoral.

    O Rio tem grande capacidade para crescer e receber muitas montadoras (E outras empresas), mas falta um administrador mais competente, e infelizmente esse administrador que o Rio merece é nem Gabeira e muito menos Cabral.

    Chega a dar uma grande raiva passar por alguns lugares como a Avenida Brasil, Linha Vermelha e algumas regiões da zona oeste, e ver espaços que daria para grandes indústrias na realidade abandonados por um governo estadual ausente.

    ResponderExcluir
  4. Rafael, antes de mais nada, obrigado por responder ao meu comentário. Acho importante esse tipo de interatividade .
    Eu sei que vc critica o Cabral aqui quando precisa. Eu acompanho o seu blog há mais de um ano.
    Pois é, eu também sinto o mesmo que vc quando vejo o potencial de nosso estado ser mal aproveitado por sucessíveis governos.
    Quanto às UPPS, eu tenho o meu pé atrás. Tá certo que é uma boa iniciativa, mas não passa de paliativo. O que vai ser quando vier um outro governo e que não de continuação a esse programa? O certo seria acabar com as favelas, dando condições às pessoas para morarem em lugares decentes!
    Como o dinheiro que eles gastam urbanizando essas comunidades, poderiam construir bairros inteiros com infraestrutura, dando incentivos fiscais para que empresas se instalassem no local e gerassem empregos. Dessa forma, tendo mercado consumidor, vários outros prestadores serviços teriam interesse em se instalar lá, também. Inclusive, o do setor de entretenimento. O que falta é vontade política, pois essas comunidades, como todos sabem, não passam de currais eleitorais.
    Em vez disso, preferem maquear o feio e deixar de prestar os serviços básicos, tais como: SAÚDE, EDUCAÇÃO E SEGURANÇA PERMANENTE

    Obrigado, Rafael, por ceder seu espaço!

    ResponderExcluir
  5. Essa é a grande verdade Luiz. Eu vejo a UPP como um excelente projeto de "Primeira Etapa" , e não de "Conclusão do problema". O certo é estabelecer uma UPP para iniciar-se o processo de fim de favelização de uma comunidade. Pensamento contrário de Cabral.

    A sua opinião é exatamente igual a minha, por isso nem preciso explicar de novo. O projeto excelente seria a construção de apartamentos em muitos dos terrenos abandonados em nossa cidade, incluindo fábricas abandonadas e a Avenida Brasil. Esses apartamentos teriam uma boa infraestrutura, saneamento básico de qualidade e boa pavimentação, além de acabar com as favelas da cidade. Já está mais provado que isso sairia mais barato do que projetos como Favela Bairro e policiamento de favelas.

    Sem contar que o terreno da “antiga favela “ ainda poderia ser vendido a uma empresa privada (para ter mais dinheiro para seguir o projeto) ou para a construção de outros projetos do Governo, principalmente nas áreas turísticas. E ajudaria a trazer investimentos de urbanização nos bairros do interior da cidade. Qual valor seria para a cidade os terrenos das favelas localizadas próxima às praias da zona sul, incluindo Rocinha?

    Nesses novos condomínios ainda poderia construir-se fábricas, empresas e estabelecimentos que há em qualquer bairro. Isso seria ótimo para combater o Desemprego. Sem contar que há até empresas privadas que apoiariam a construção desses bairros, principalmente se houvesse “um” apoio do Governo.

    Com o fim da Favelização, melhoraria a segurança e incentivaria a outras empresas estrangeiras a investir no Rio de Janeiro. Além que acabaria com as favelas que estragam a beleza da cidade. Mas o principal seria: Esse sim seria um projeto que daria uma vida descente a esses moradores, não adiantam nada haver UPP e viver nessa situação de vida desagradável sem vantagens para a Elite, Classe média, classe baixa, moradores do asfalto e moradores das favelas. O único que sai ganhando é o político que ganha os votos.

    E a política atual é exatamente de obras de "Maquiagem" que custa milhões sem derrubar a "raíz" do problema. O que o Rio precisa é de políticos que enxergam a realidade da cidade e invista em Educação, Saúde, Segurança, Transporte Rápido e barato, Infraestrutura e Empregos. Ao invés de “esmolas populares” e “bolsas esmolas”.

    ResponderExcluir
  6. Acredito que será muito bom para São Gonçalo ter o Poupa Tempo. Em Bangu tem dado muito certo e sendo muito aprovado pelos moradores do bairro. Espero que essa idéia vá para outros bairros também.

    ResponderExcluir
  7. qual o endereço do poupa tempo em são gonçalo?

    ResponderExcluir
  8. Infelizmente o projeto atrasou e irá inaugurar em Abril desse ano. O endereço será o Shopping São Gonçalo, na avenida niteroi-manilha (que dizem que mudou de nome e eu não sei confirmar). Eu acabei de criar uma nova reportagem comentando esse assunto:

    http://rafaeloliveira-rj.blogspot.com/2011/01/poupa-tempo-sao-goncalo-em-2011.html

    ResponderExcluir
  9. Rafael, quando será inaugurado o Rio Poupa tempo em São Gonçalo?

    ResponderExcluir
  10. Segundo o Governo Estadual, o Rio Poupa Tempo de São Gonçalo tem previsão para inaugurar em Abril desse ano, ou seja, no próximo mês, mas não está descartado um atraso até Junho, mas a data oficial ainda está em Abril.

    ResponderExcluir
  11. COMO EU FAÇO PARA TRABALHAR NO POUPA TEMPO ?

    ResponderExcluir
  12. Para trabalhar no poupa-tempo é necessário ser servidor público.

    Uns são concursados e outros são de empresas terceirizadas que são recrutados pelas próprias empresas que participam do processo de licitação para a prestação de serviços no Poupatempo.

    ResponderExcluir

Clique aqui para deixar um comentário. Caso você não tiver uma conta Google, assine o seu nome abaixo.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Curta o nosso site com o facebook e Google+