terça-feira, 24 de agosto de 2010

Expansão do Porto do Rio

Ministro promete melhorar porto do Rio até Copa de 2014

http://t2.gstatic.com/images?q=tbn:Kqii5ZpjRyJUDM:http://www.conttmaf.org.br/fotos/1273porto%20do%20rio%20de%20janeiro%201%20bx.jpg&t=1

O ministro da Secretaria Especial de Portos, Pedro Brito, reiterou nesta terça-feira a importância do Porto do Rio de Janeiro como equipamento fundamental para a infraestrutura da cidade que vai sediar "megaeventos esportivos", como a Copa do Mundo de 2014 e as Olimpíadas de 2016.

Brito afirmou que a iniciativa privada terá o papel de "motor do processo de revitalização da área portuária", que já começou com o Plano Nacional de Dragagem. Ele afirmou ainda que a modernização da zona portuária e dos acessos ao porto "deve ser o projeto mais importante na preparação da cidade, visto que o porto é a porta de entrada para o turismo e os negócios".

"O porto é o agente que mais contribui com ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) e geração de receita para o Rio. Então, a ampliação é imprescindível", disse o ministro.

Para receber os visitantes, Brito afirmou também que a revitalização do complexo portuário deve estar adequada para a chegada dos transatlânticos que vão dar ao porto "uma estrutura de hotéis temporários e, ao mesmo tempo, uma estrutura que ficará de forma permanente para o Rio, que vai ter um dos mais modernos terminais de passageiro do Brasil comparado a qualquer terminal moderno do mundo", disse.

O presidente da Agência Rio de Negócios, entidade de captação de investimentos responsável por atrair investimentos para a capital fluminense, Marcelo Haddad, afirmou que o incentivo fiscal é o último ponto que merece relevância entre os atrativos oferecidos pela administração pública. Segundo Haddad, o legado será a qualificação dos jovens para a oferta de empregos.

"Alguns indicadores apontam que nos próximos anos vamos ter na cidade um custo de mão de obra muito elevado, caso não haja capacitação de um maior número de pessoas. E falando inglês para atender a demanda estrangeira", projetou.

As declarações foram feitas durante o seminário Rio de Janeiro em Anos de Desenvolvimento, promovido pela Deloitte Canadá, empresa responsável pelos projetos de desenvolvimento da cidade de Vancouver nos Jogos Olímpicos de Inverno.

Publicado em 24 de Agosto de 2010

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Clique aqui para deixar um comentário. Caso você não tiver uma conta Google, assine o seu nome abaixo.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Curta o nosso site com o facebook e Google+