quinta-feira, 24 de junho de 2010

Museu do Trem no Rio de Janeiro

Museu do Trem no Rio ajudará a revitalizar Leopoldina

http://img19.imageshack.us/img19/1851/barodemau01.jpg

As histórias do Rio de Janeiro e do Brasil terão mais um capítulo retratado a partir de 2011, desta vez através do Museu Ferroviário Nacional. O pré-projeto de construção, que será feita no complexo ferroviário Barão de Mauá, na Leopoldina, Centro da capital, foi apresentado pelo Ministério dos Transportes e pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) à Comissão de Cultura da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (ALERJ), em audiência pública realizada no dia 23 de junho (quarta-feira). Para o presidente da comissão, deputado Alessandro Molon (PT), além da importância histórica, o museu ajudará na revitalização de uma área degradada.

"Este é um projeto que conecta a história nacional e estadual através da história ferroviária. O Rio teve a primeira estação ferroviária do país, portanto, nada mais justo do que ser sede deste museu. Também é uma forma de recuperar a Leopoldina, trazendo mais movimento, com gente interessada em cultura", ponderou o petista.

(...)

"Todo aquele entorno, que faz ligação inclusive com a Quinta da Boa Vista, deve ser preservado. Vamos trabalhar junto aos governos estadual e federal para resguardar esta área para o museu", afirmou.

(...) Através de um vídeo tridimensional, foram apresentados alguns pontos da construção, que terá, além de trens antigos expostos, cinema, teatro e um simulador de um trem de alta velocidade.

"Uma das ideias do projeto é ter um museu virtual e uma ligação com todos os outros museus ferroviários pela internet. São recursos atraentes, trazendo uma ligação entre o clássico da cultura ferroviária e o que há de mais moderno em tecnologia", explicou Maria Clara.

(...) Segundo o diretor de Relações Institucionais do Ministério dos Transportes, Afonso Carneiro Filho, a intenção é ter um elemento do acervo histórico de cada estação ferroviária do Brasil. Ele também pediu que, apesar de o comando do projeto ficar a cargo da Universidade Federal de Santa Catarina, o estado do Rio também participe da construção, de modo a preservar a história do entorno da estação Barão de Mauá.

Texto extraído da Fator Brasil.
Resumido e publicado por Rafael Oliveira, 24 de Junho de 2010

Foto: Estação Barão de Mauá, Leopoldina, Rio de Janeiro

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Clique aqui para deixar um comentário. Caso você não tiver uma conta Google, assine o seu nome abaixo.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Curta o nosso site com o facebook e Google+