quinta-feira, 6 de maio de 2010

Investimentos Pós-Temporal mais do que atrasado...

Mesmo após um mês as chuvas que acomteram o Rio, Governo Federal não cumpriu promessa de doação

http://www.forte.jor.br/wp-content/uploads/2008/11/esplanada-dos-ministerios.jpg

Já se passou um mês que houve o temporal que provocou 257 mortes no Estado do Rio de Janeiro, o qual trouxe estragos em vários pontos, incluindo pontos turísticos como o Mirante Dona Marta, este até hoje bloqueado.

A Secretaria Municipal de Obras e a Comlurb tem tido um trabalho pesado de lá para cá para tentar trazer a vida normal aos cariocas e moradores.

O Governo Federal prometeu investir R$200 milhões para ajudar o Rio. Uma verdadeira pechincha comparado a outros apoios que o Governo Federal tem feito a outros países como Haiti, Chile e Israel, onde apenas um destes países receberam apoio acima de R$ 380 milhões, sem contar a doação da população.

Mesmo após um mês do acidente, a União e o Governo Federal não liberaram um único centavo para o Rio de Janeiro. Segundo um acessor, a partir de semana que vem deverá vir o valor que deveria ser destinado.

O pior que até mesmo o Governo Estadual parece ter esquecido destes investimentos, por não ter criado um projeto para ser investido este dinheiro. Sérgio Cabral só enviou o projeto das obras ao Ministério da Integração Nacional no dia 23. Talvez Cabral esteja muito ocupado viajando.

Vale lembrar também que o PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) no Rio de Janeiro é o segundo mais atrasado no país. Este é o Brasil dos políticos que falam bonito e fazem nada.

Texto escrito, adaptado e publicado por Rafael Oliveira no dia 6 de Maio de 2010

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Clique aqui para deixar um comentário. Caso você não tiver uma conta Google, assine o seu nome abaixo.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Curta o nosso site com o facebook e Google+