segunda-feira, 5 de abril de 2010

Investimentos na Linha Amarela

Linha Amarela ganhará investimento de R$ 241,5 milhões

http://static.panoramio.com/photos/original/23589084.jpg

A Barra da Tijuca é o bairro que mais cresce no Rio. Fato que aquele que esteve na Barra há 10 anos, com certeza se surpreende com a modernização do bairro mais futurístico do Brasil.

Porém a Barra foi um bairro planejado e com isso fica a uma certa distância do Centro e outros pontos importantes da cidade. O Governo César Maia com isso decidiu construir a Linha Amarela que ligaria o Centro do Rio a Barra, diminuindo o fluxo de carros de outras rotas como a Estrada Lagoa-Barra, e esta seria a principal via de ligação deste eixo.

Porém mesmo assim o crescimento da frota de veículos e moradores cresceu mais do que o esperado, tanto de dia como a noite. E com isso a Prefeitura do Rio de Janeiro (Eduardo Paes) propôs a concessionária que administra a via expressa, Lamsa, uma parceria de investimento na Linha Amarela.

A Lamsa, que administra a via desde sua inauguração em 1997, assumirá integralmente os custos de obras, orçadas em R$ 241,5 milhões. Os investimentos visam a melhora na circulação de imediações - exemplos como os da Avenida Ayrton Senna (Manguinhos), Avenida Brasil e Abolicação - reduzindo os engarrafamentos. Com isso a prefeitura dará a empresa uma renovação de concessão (que vence em 2022) por mais 15 anos, até 2037.

As obras começarão até maio deste ano e vão durar dois anos. A empresa também apoiou a prefeitura (César Maia) nas obras de inauguração da Linha Amarela, como também alargou viadutos e pontes. Hoje, na Linha Amarela passam 320 mil veículos, sendo que 125 mil pagam pedágio.

Texto escrito e postado por Rafael Oliveira, 05 de Abril de 2010

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Clique aqui para deixar um comentário. Caso você não tiver uma conta Google, assine o seu nome abaixo.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Curta o nosso site com o facebook e Google+