segunda-feira, 26 de abril de 2010

Copa da África e do Brasil

Finalmente a África está preparada para a Copa do Mundo de 2010. E Brasil está chegando lá...

http://www.naredemundial.com.br/cerli/wp-content/uploads/2008/02/fifa-logo.jpg


(Blog do Rafael Oliveira) Depois de muitos atrasos que poderiam atrasar a Copa do Mundo de 2014, a FIFA confirmou que o país já está pronto para sediar este grande evento mundial.
“Tudo está praticamente pronto. Estamos preparados para começar o Mundial amanhã mesmo se for necessário. Ainda há detalhes a resolver no que diz respeito à utilização do Soccer City (estádio de Joanesburgo que receberá a abertura e a final) e os campos de treinamento, mas estamos otimistas”, afirmou Valcke, secretário-geral da FIFA.
Para os que desejam assistir aos jogos lá na África do Sul, a quinta fase da venda das entradas começou esse mês.
“Foram duzentas mil vendidas em oito dias, restam trezentas mil por vender”, explicou,
A FIFA assumiu alguns problemas relacionado ao sistema de venda de entradas, mas o problema será resolvido para a Copa do Brasil, o qual a partir de agora será de responsabilidade da FIFA:
“Eu acho que nós devíamos ter aberto pontos de venda na África do Sul bem antes. Será preciso ser mais flexível, mais criativo. A Copa de 2010 é uma fase de aprendizado para 2014, no Brasil”, completou Valcke.
O presidente do Comitê Organizador sul-africano também comentou sobre o assunto do título deste post:
“Nossos estádios estão prontos e já estão recebendo jogos, os planos de transporte estão sendo finalizados, as equipes selecionaram os campos de base e os ingressos são vendidos”, disse.








Enquanto isso, aqui no Brasil ainda faltam alguns detalhes para a Copa do Mundo. E o número de cidades que participarão dos jogos aqui no Brasil poderá ser reduzido para a oito, segundo o Comitê brasileiro e a FIFA.

No momento há 12 cidades confirmas para os jogos: Rio de Janeiro (RJ), São Paulo (SP), Belo Horizonte (MG), Porto Alegre (RS), Brasília (DF), Cuiabá (MT), Curitiba (PR), Fortaleza (CE), Manaus (AM), Natal (RN), Recife (PE) e Salvador (BA).

Seis cidades já foram descartadas: Rio Branco (AC), Belém (PA), Maceió (AL), Goiânia (GO), Florianópolis (SC) e Campo Grande (MS).

A FIFA obriga que os estádios tenham no mínimo 40 mil lugares, enquanto o estádio de abertura tenha até 60.000 assentos; o de encerramento, mais de 80.000. Além de sistema hospitalar, estacionamento para todos, cadeiras numeradas, tribunas de imprensa bem equipadas, entre outros pontos obrigatórios.

O Rio de Janeiro já está confirmada entre as oito cidades que sediarão os jogos e também confirmada como a cidade do encerramento do evento esportivo mundial, mas a FIFA ordenou algumas mudanças no projeto interno do Maracanã que serão solucionadas rapidamente.

A cidade de São Paulo ainda passa por alguns problemas e até o momento ainda não está apta para para a cerimônia de abertura, mas a CBF afirma ter projetos na manga para a cidade da garoa sediar pelo menos os demais jogos, inclusive as oitavas de final, fato que até isso a FIFA está contrária. Brasília, Belo Horizonte e Porto Alegre também brigam para receber o pontapé inicial do torneio, assim como há uma probabilidade do Rio de Janeiro ficar também com a abertura. Outro problema de São Paulo é o trânsito da cidade (acesso) e a poluição, segundo a FIFA, além de um urgente investimento em hotelaria, mas a capital paulista promete fazer bonito e mostrar sua capacidade.
"Temos que avaliar essa opção com sabedoria. A abertura trará muitos turistas e também o foco da mídia mundial. Mas investir centenas de milhões de dólares na reforma do Morumbi para uma festa de apenas um dia, não me parece uma coisa sensata. A Fifa faz dinheiro com a Copa e tem suas exigências. Mas o que restará para a cidade de São Paulo?" - Comenta o urbanista Jorge Wilheim


O Ministro dos Esportes, o baiano Orlando Silva, confirmou que Salvador será uma das cidades já confirmadas para a Copa do Mundo, caso haja essa diminuição no número de sedes. Porém, provavelmente o estádio baiano comerá ser construído depois da data proposta pela FIFA, sendo excluída automaticamente. As arenas esportivas têm de estar prontas até Dezembro de 2012.

A população de Minas também tem a comemorar pelo fato de Belo Horizonte também ser uma cidade já confirmada, apesar da insuficiência do sistema hoteleiro. A reforma do Estádio do Mineirão custará R$ 607,8 milhões e o canteiro de obras do estádio é o mais adiantado do país.

Natal ainda nem enviou o edital dos seus projetos e poderá ser uma das cidades que perderão a vaga em Maio. A CBF também confirmou que o estádio não conseguirá sustentar-se depois da copa. O projeto é que o estádio tenha a arquitetura de um Disco Voador sobre a cidade.

Brasília também é uma cidade que já está confirmada como sede da copa, e é a favorita do governo federal para ficar no lugar de São Paulo para a abertura do mundial, porém haverá um grande gasto para a reforma total do estádio que depois da copa não servirá praticamente mais para nada, já que a cidade não tem capacidade para lotar a arena e este será um grande elefante branco da cidade, individando o Distrito Federal. Outro ponto negativo da cidade é o fato da Forbes ter colocado o Aeroporto de Brasília como o pior do mundo e a falta de espaço para a construção de novos hotéis no Setor Hoteleiro. O edital ainda fora cancelado pelo Tribunal de Contas do Distrito Federal devido os escândalos que o governo recebera. Mesmo assim, o comitê aposta que as obras começarão em maio, atrasadas pela crise política no Distrito Federal.

A construção do estádio de Manaus custará R$ 500 milhões, e será organizado pela empresa que projetou os estádios da Copa da Alemanha (2006). Porém Manaus é a cidade mais complicada a se chegar em todo o país, devido a floresta amazônica e baixa capacidade do aeroporto da cidade em suportar tanta gente que chegar lá. Mas o Governo Estadual promete investir o necessário, o qual calculamos em R$ 6 bilhões.

Porto Alegre tem dois estádios: o Beira-Rio e o Olímpico. Ambos desejam ser sede da Copa, e ambos estão ligado ao orgulho dos dos maiores times da região. A cidade está preparada para o evento e um grande legado a cidade será conquistado, principalmente no transporte. Entre os problemas da capital gaúcha está o fato da cidade não contar com um metrô, mas o maior de todos os problemas é a rivalidade entre o Grêmio e o Inter para resolver qual estádio ficará com a honra do mundial. O estádio cotado é o Beira-Rio (Segundo o site da CBF)

Curitiba é considerada a cidade com a maior qualidade de vida do país e modelo em muitas áreas em todo o país. Caso Curitiba não for descartada, conseguirá finalmente um lugar entre as grandes cidades do planeta, o qual já contam Rio e São Paulo. Porém o Atlético Paranaense se recusa a bancar os R$ 90 milhões necessários para a adequação da Arena da Baixada às exigências da Fifa.

Fortaleza infelizmente também tem contado com poucos patrocinadores, além da favelização (1/3 da população de Fortaleza vive em favela), a criminalidade, prostituição, infraestrutura urbana, sistemas de transporte, saneamento e limpeza pública. Esses dados foram apresentados pela própria FIFA e confirmados pelo site da CBF. Porém a cidade conta com um grande potêncial turístico e um crescimento hoteleiro aceitável pela FIFA, esse pode ser o momento da cidade ganhar novos investimentos.

Recife já conta com bons patrocinadores e também um potêncial turístico. O projeto da cidade é construir uma "cidade esportiva" que terá um novo estádio, este é o maior desafio da cidade, junto com urbanizar todo o restante da capital pernambucana. Porém, Recife também apresenta problemas com o edital, o qual descarta a cidade.

A copa em Cuiabá poderá mostrar ao mundo o Pantanal e aumentar o potêncial industrial da cidade, mas precisaria também investir urgentemente tanto na construção do estádio como na ampliação do Aeroporto. As obras do estádio começam hoje.


A CBF e o Ministério dos Esportes prometem resolver todos os problemas citados a cima o mais rápido possível, e todas estas cidades poderão participar da copa.

Até o dia 3 de Maio, todas as cidades devem iniciar as obras relativas aos estádios, podendo acontecer dos estádios, que não obedecerem o prazo, serem excluídos dos jogos pela FIFA, o qual demonstrou publicamente a preferência de menos estádios nesta copa. A FIFA confirmou que até o silêncio destas cidades já será suficiente para punições.

Texto escrito e postado por Rafael Oliveira, 26 de Abril de 2010
Algumas informações foram baseadas nas últimas noticias do site da Copa2014

Um comentário:

  1. "O mais cotado até o momento é o Estádio Beira-Rio."

    Parece um texto antigo com acréscimos atualizados...

    ResponderExcluir

Clique aqui para deixar um comentário. Caso você não tiver uma conta Google, assine o seu nome abaixo.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Curta o nosso site com o facebook e Google+