terça-feira, 30 de março de 2010

Sérgio Cabral irá renovar o contrato com a Supervia

Contrato com a SUPERVIA e Governo Estadual será renovado para 50 anos

http://rio24horas.files.wordpress.com/2009/04/trem-da-supervia.jpg

O homem que se diz governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, além de ter renovado o contrato com a Supervia por 25 anos, agora prorrogará a concessão da operação dos trens para 50 anos.

O contrato será assinado em Abril pelo próprio Sérgio Cabral, o qual acredita que a Supervia tem tido ótimos resultados no seu sistema.

Só para ter ideia, pelo contrato atual o Governo Estadual é responsável pela modernização dos trens (Inclusive os trens modernos comprados que já foram comentados aqui neste blog e encontra-se na foto acima), enquanto a SuperVia é responsável pela modernização da operação, o qual todos que lêem jornais sabem que a SuperVia nesse quisito tem sido uma empresa fantasma.

Segundo o presidente da Supervia, Amin Murad, as operação do sistema pela empresa é confiável. Segundo ele, o grau de pontualidade ultrapassa 90% enquanto que, em 2004, a média era de 81,8%.


Mas vamos as boas noticias: Segundo o Governo Estadual até as Olimpíadas de 2016 os trens poderão servir a 92 mil usuários por hora (Enquanto atualmente o número é 45 mil, enquanto em 1998 era de 145 mil por dia).

Cabral confirmou que até 2015 o Rio de Janeiro terá 90 novos trens para operar aqui na capital, onde trinta já foram encomendados e são de fabricação chinesa, chegando aos trilhos em 2011, e enquanto o restante depende de uma assinatura de financiamento do Banco Mundial.

A SuperVia disse que finalmente pensaria na modernização das estações de trem. E/Mas o Governo Estadual investiria na modernização das estações cerca de US$ 111 milhões em reformas nas Estações de Santa Cruz, Saracuruna, Belford Roxo, Vila Militar, Magalhães Bastos e Magno.





Quer noticias melhores? Eu tenho noticias melhores... O deputado estadual Alessandro Molon (PT) ameaçou entrar na Justiça contra a renovação do contrato:
- Como se aprova a renovação de um contrato na mesma sessão em que a concessionária está sendo punida por um caso tão grave, como o das chibatadas? Além do mais, qual é a razão da Agetransp não ter divulgado previamente que essa questão seria discutida?

Foi também comparada a renovação da prefeitura com a Metrôrio, que apesar de ter tido um contrato renovado (em 2003), porém a Prefeitura e a empresa de metrô do Rio de Janeiro renovaram o acordo em apenas 10 anos de contrato, além que a empresa garantiu que investistirá R$ 1,15 bilhão para a compra de 114 novos carros e implantação da conexão Pavuna-Botafogo, tudo isso bancada apenas pela empresa Metrôrio. Além de uma parceria que também prevê a abertura da Estação Cidade Nova e a conclusão da estação da Rua Uruguai (Tijuca).


Texto escrito e postado por Rafael Oliveira, 30 de Março de 2010

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Clique aqui para deixar um comentário. Caso você não tiver uma conta Google, assine o seu nome abaixo.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Curta o nosso site com o facebook e Google+