segunda-feira, 22 de março de 2010

Novidades para São Cristovão

São Cristovão poderá ser novo polo de moda do Brasil

http://oglobo.globo.com/fotos/2010/03/19/19_MHG_rio_museu.jpg

Assim como bairros como Glória e a região da zona portuária ganharam projetos de revitalização, o mesmo agora é esperado para o bairro de São Cristovão, zona norte do Rio de Janeiro.

O projeto é da Prefeitura do Rio de Janeiro e de empresas privadas, o qual anseiam transformar o antigo bairro imperial em um polo de moda carioca e nacional.

Para isso já foi criado o 1° Circuito de Moda Carioca, inaugurado nessa quinta, tornando-se referência mundial nesse segmento, reunindo 55 micro e pequenas confecções de vestuário e as principais grifes nacionais de moda, além de 800 fornecedores.

Muitos restaurantes locais também se inscreveram no projeto, convidando a turistas a visitar seus estabelecimentos.

O projeto também visa mostrar que São Cristovão é muito mais que apenas a tal feira dos nordestinos e a Quinta da Boa Vista (com o Zoológico)

“A gente quer mostrar outras atrações de São Cristóvão”, diz Alfonso. Ele revelou que ainda este ano os organizadores do circuito, que englobam a Federação das Indústrias do Estado do Rio (Firjan) e a Universidade Veiga de Almeida (UVA), pretendem elaborar estudo específico sobre o segmento da moda no bairro.

Um Levantamento preliminar indica que as 55 empresas que integram o APL respondem pela geração de 4 mil empregos diretos e faturam cerca de R$ 700 milhões/ano. “Queremos tornar São Cristóvão, em relação à moda, o principal lançador de tendências. Que São Cristóvão se torne referência na moda brasileira, porque ali estão as principais grifes não só na parte de confeccionar, mas de desenvolver produtos.”

Esse é o diferencial do bairro de São Cristóvão, assinalou Alfonso. “As grandes grifes e o desenvolvimento da moda estão em São Cristóvão, diferentemente do que ocorre em outros polos. Dali saem produtos para o resto do Brasil e para o mundo”. Ele não tem dúvidas de que o estreitamento da relação com as marcas da moda contribuirá para fazer as pequenas confecções da região crescerem.

Texto escrito e postado por Rafael Oliveira, 22 de Março de 2010

2 comentários:

  1. Oi Rafael, Estas lojas vendem no varejo?
    Meu e-Mail: reginapiloupas@terra.com.br

    Beijinhoss

    ResponderExcluir
  2. Eu acredito que sim, mas não tenho certeza absoluta.

    ResponderExcluir

Clique aqui para deixar um comentário. Caso você não tiver uma conta Google, assine o seu nome abaixo.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Curta o nosso site com o facebook e Google+