quinta-feira, 14 de janeiro de 2010

Construção de Grande Edificio na Lapa

Lapa ganhará edificio de 43 andares

http://farm1.static.flickr.com/33/96274774_1c7588dc2f.jpg

Uma mudança na legislação assinada pelo prefeito Eduardo Paes abriu caminho para o surgimento de um espigão de 133 metros e até 44 pavimentos no Corredor Cultural da Lapa. O prefeito sancionou a lei complementar 106, permitindo a construção do edifício na Rua dos Arcos, Área de Especial Interesse Urbanístico.

A medida, que alterou a lei criada a partir do decreto 12.409 de 1993, vai ao encontro de interesses do governo do estado e da Eletrobras, que pretende construir sua nova sede num terreno na Rua dos Arcos, vizinho à Fundição Progresso. O espaço, onde hoje há um estacionamento, pertence ao Rioprevidência (fundo de pensão do estado). A Eletrobras já iniciou negociações para ter o terreno.

Até a publicação no DO desta sexta-feira, o gabarito das construções na Rua dos Arcos variava entre três e seis pavimentos. Em troca do afrouxamento dos parâmetros urbanísticos no Corredor Cultural (avalizado por órgãos de proteção ao patrimônio, como Iphan e Inepac), a Eletrobras terá de arcar com contrapartidas estipuladas pelas secretarias municipais. Entre elas, está acertada a restauração dos Arcos da Lapa.

Secretário municipal de Urbanismo, Sergio Dias é a favor da instalação do espigão.

- A renovação do Centro passa pela construções de equipamentos como esse, que ocuparia uma área subutilizada. Assim que a Eletrobras entregar o projeto, vamos encaminhá-lo às secretarias, que poderão pleitear novas medidas compensatórias - explicou.

A Câmara dos Vereadores ainda pode derrubar as alterações feitas pelo executivo.


Texto postado por Rafael Oliveira, 14 de Janeiro de 2010

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Clique aqui para deixar um comentário. Caso você não tiver uma conta Google, assine o seu nome abaixo.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Curta o nosso site com o facebook e Google+