domingo, 6 de setembro de 2009

Governadores querem os royalties do Rio de Janeiro...

Governadores do Nordeste com preguiça de trabalharem para terem o próprio dinheiro, preferem repartir os recursos do Rio de Janeiro, Espirito Santo e São Paulo

http://g1.globo.com/Noticias/Politica/foto/0,,14593098-EX,00.jpg

Uma guerra acontece no Palácio do Itamaraty de Brasília graças a Guerra do Pré-Sal: Projeto federal para desviar o dinheiro do Rio de Janeiro para Lula e governadores do Brasil.

Os governadores da Bahia e Pernambuco, com preguiça de trabalharem e terem o próprio dinheiro, defendem a divisão igualitária entre os estados, acusando burradamente o Rio de regionalista e segundo eles o Rio é a minoria e por isso deve-se repartir o dinheiro dos fluminenses. Projeto apoiado por todos os governadores do Nordeste, o qual não participam na produção de sal/petróleo no Brasil.

O governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, protegeu o povo fluminense dizendo:

"Eu é que não concordo que os recursos de um estado sejam passados para outros. Os governadores do Nordeste tem direito de discutir e participar, mas o Rio de Janeiro é o segundo arrecadador de impostos do País, depois de São Paulo. E muito disso vai para outros estados. Não pode o Rio pegar recursos de São Paulo, assim como São Paulo não pode pegar de Minas. Esse recurso é do Rio de Janeiro", afirmou. Questionado se não estava fazendo um discurso provinciano, o governador respondeu que seu estado tem 15 milhões de habitantes e contas a pagar. "E não vamos admitir que retirem dinheiro do meu estado".

Mas o Brasil mais uma vez na história ataca o Rio de Janeiro e leva os recursos do Rio de Janeiro para segurarem o Brasil. O Rio (entre outros estados) cansou de bancar um país de bandidos. Queremos nosso sal, nosso petróleo, nossa bolsa, nossos bancos, nossa economia e nossas empresas. O Rio de Janeiro é dos fluminenses e não do Brasil, o Rio é dos cariocas e não dos corruptos-preguiçosos.

Texto escrito e postado por Jhonathan Dias, Vanessa e Rafael Oliveira, 6 de Setembro de 2009

2 comentários:

  1. Vc é muito racista mesmo.Reclama qdo um criticam o seu estado,mas se acha no direito de chamar os baianos e pernambucanos de preguiços contribuindo para uma visão esteriotipada que não condiz com a verdade.Meu caro Rafael, até ontem vcs cariocas recebiam o petróleo do bahia sabia, e vcs nunca reclamaram?? Qdo o rio de janeiro recebe investimentos como o do Pan, o da Copa- e agora provavelmente das olimpiadas- são usados recursos do governo federal e portanto dos BRASILEIROS.Mas, vc não vê problema nisso não é?

    Nós brasileiros não queremos ser sustentados por vcs cariocas,mas não é correto que qdo é conveniente vcs achem justo alocar recursos federais que seriam melhor utilizados em outras áreas para financiar o PAN, as olimpiadas etc ,mas qdo é para beneficiar a federação vcs não querem.

    Sergio Cabral falou que ó Rio é o segundor maior arrecador do país,não duvido,mas ele esqueceu de dizer que o Rio tb é um dos estados que mais recebem dinheiro do governo federal.Além do mais o Rio de janeiro se beneficia do tamanho e da população do Brasil para poder atrair investimentos pra si.


    "Queremos nosso sal, nosso petróleo, nossa bolsa, nossos bancos, nossa economia e nossas empresas. O Rio de Janeiro é dos fluminenses e não do Brasil, o Rio é dos cariocas e não dos corruptos-preguiçosos." Quanto a isso eu só posso lhe dá uma sugestão: se separem do Brasil.

    ps:espero que vc não tire o meu comentários, afinal se vc se achou no direito de chamar penambucanos e baianos e preguiçosos tb deve achar que nós ( pernambucanos e baianos)temos o direito de responder a isso.

    ResponderExcluir
  2. Primeiramente eu não chamei os baianos e pernambucanos de preguiçosos e sim o governo dos mesmos estados. Até porque o povo está por fora disso e nem se quer foi questionado pelo governo federal.

    Além que o Rio de Janeiro é o segundo estado que mais banca o governo federal através dos impostos da população e o Rio não reclama disso. A questão do pan: O governo federal deu o mínimo para o pan, além que o pan serviu para valorizar o país no exterior.

    Só para o seu governo, até o ano passado a prefeitura não aceitava nenhum dinheiro do governo federal. Além que o PAC do Rio de Janeiro é o segundo mais atrasado em todo o Brasil.

    E para terminar, em nenhum momento eu critiquei alguem de preguiçoso, até porque é idiotice generalizar um adjetivo, qualidade ou defeito sobre um povo. Da mesma forma quando eu disse que o Brasil é um país de bandidos e de corruptos-preguiçosos. Você acha que eu falei que o povo brasileiro é bandido?

    Em nenhum momento eu deixei sub-entendido que o texto era referido ao povo nordestino e sim a certos governadores.

    ResponderExcluir

Clique aqui para deixar um comentário. Caso você não tiver uma conta Google, assine o seu nome abaixo.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Curta o nosso site com o facebook e Google+