segunda-feira, 7 de setembro de 2009

Enquanto o Brasil investe em trem de primeiro mundo, Brasileiros vivem situação de terceiro mundo

Dinheiro do Trem Bala daria para construir 425 hospitais de primeiro mundo ou metrô em 10 capitais....

http://g1.globo.com/Noticias/Mundo/foto/0,,11875713,00.jpg

(Blog do Rafael Oliveira - RJ) O Brasil está em um minucioso projeto para construir o trem bala que ligará a cidade do Rio de Janeiro para São Paulo. Um projeto que levará além de passageiros, o dinheiro dos impostos em que os brasileiros pagam.

Em um país onde no norte a pobreza está em todo os cantos e chegam ao ponto em que estes moradores vão para o sudeste/sul, aumentando a violência e a favelização, um trem bala de um preço tão alto não seria um investimento muito positivo.

Só para ter ideia, será investido cerca de R$ 34 bilhões para a construção deste trem bala, onde 60% virá do Governo Federal.

Com esse dinheiro daria para construir cerca de 425 hospitais de primeiro mundo, em um país onde a saúde está mais que precária.

Tudo isso apenas para pessoas de muito dinheiro que estão com preguiça de esperar na fila para pegar um avião. Ou quem sabe apenas para dizer que o Brasil tem um trem-bala. Mas o que adianta dizer que temos um trem bala e todos saberem que o Brasil é o país da caatinga, roça e favela? (Esta é a visão do Brasil em si no exterior)

Pior ainda: Enquanto os brasileiros não tem condições de irem em um hospital particular (Já que os públicos estão precários), os impostos destes servirão para pagar este projeto bilionários, o qual poucos irão usufruir.

Vale lembrar também que o Brasil tem dinheiro para o trem-bala, mas não tem dinheiro para dar um salário digno aos policiais do país (que recebem em média de mil reais por mês).

Segundo a constituição brasileira, o principal dever do governo federal seria combater a pobreza: Ou seja, acabar com a favelização e diminuir o fluxo de imigrantes de estados mais pobres para os mais ricos. Mas para isso o governo então irá tirar o dinheiro dos royalties do estado do Rio, além do dinheiro arrecado pelos impostos de cada estado, ainda mais que o Rio é o segundo estado que mais arrecada impostos no Brasil. Ou os pobres citados na constituição eram políticos como o Sarney?

Os professores do Brasil são os que recebem um dos piores salários do mundo, onde educadores de muitos estados não tem dinheiro nem para a alimentação mensal.

Por isso o governo é a favor da legalização do funk, assim todos vão se acostumando a cantar os incentivos a violência e sexo, logo não vão ter tempo e capacidade para olhar o que o governo faz com o dinheiro do povo.

Enquanto os bandidos estão a solta no Brasil e nas favelas, os empresários e políticos poderão estar em um trem climatizado e com conforto de primeiro mundo.

Mas para que investir em educação? Se o FUNK e concursos para gari satisfazem a população? Se o funk é o verdadeiro movimento cultural segundo o governo?

Os contribuentes hoje dão seus impostos e criam dívidas para que seja construídas obras fúteis, enquanto o que deveria ser investido em nós, vai para estes projetos, além de dar Internet grátis, telefone, elevadores e planos inclinados para aqueles que invadem espaços particulares, ambientais e públicos e ainda nem se quer pagam impostos, ainda para estes que protestam a favor do funk, violência, prostituição e defendem traficantes. Ao invés de mandarem estes moradores das favelas para lugares dignos e com emprego garantido.

"No Rio ainda, a maior parte dos moradores das favelas tem condições de morarem em casas alugadas e pagarem impostos, mas não querem gastar seus dinheiros, ainda mais porque sabem que o governo irá pagar suas necessidades básicas." (O GLOBO)

Enquanto o transporte público está um caos no país. Em Brasília, os ônibus estão com as cordas rasgadas e sem funcionar, um barulho infernal e bancos de pedra, sem contar das portas quebradas. O metrô do Rio e São Paulo está lotado. No restante do país a situação é ainda pior.

O trânsito em São Paulo, Rio e Brasília está um caos. Estradas e ruas acabadas.

Com o dinheiro da construção deste trem, daria para construir estações de metrô em mais de 10 capitais brasileiras.

Com este dinheiro, daria para resolver boa parte das favelas no Rio de Janeiro, São Paulo e Belo Horizonte.

Será com isso o que o dinheiro dos contribuentes brasileiros será gasto? Sim, Será!

Para completar, o trem bala ainda será subterrâneo, ou seja, quem é pobre nem se quer vai ver este veículo, além que não valorizaria a imagem e estrutura das cidades.

Claro que o trem bala é um projeto excelente, não tem como negar, mas antes de construir um trem bala "para inglês ver", deveria-se investir em uma vida ao mínimo digna aos brasileiros.

Por isso eu digo: O Brasil não é um país de todos, mas o Brasil é um país de tolos.

Texto escrito e postado por Rafael Oliveira, 7 de Setembro de 2009

4 comentários:

  1. Descordo, o trem bala não é só para essas pessoas que tem muito dinheiro. Ele atrai mais divisas para as cidades que seram benificiadas por ele e vai ajudar a desafogar o transito aereo entre rio e sao paulo que hoje é um caos.
    Esse dinheiro poderia levantar todos esses hospitais, mas quem ia manter eles depois? o trem bala além de aliviar o trafico aéreo e atrair divisas, vai melhorar a locomoção entre as grandes cidades do país durante a copa e quem sabe as olimpíadas, para o Rio é ótimo. O maior exportador de turistas do país é SP e eles estaram mais próximos de nós.

    ResponderExcluir
  2. Eu também apoio a construção do trem, mas eu penso que se o governo tem dinheiro para investir tão alto neste trem, deveria investir também em outros problemas internos, como na violência, pobreza, fluxo imigratório desenfreado entre os estados devido a má distribuição industrial, entre outros.

    ResponderExcluir
  3. Discordo do cidadão acima que apóia o trem bala.
    Com certeza esse indivíduo nunca precisou de um hospital público.
    Chegou lá as 4 da manhã, ficou até as 9 da manhã esperando para ser atendido e descobriu que não havia médico para atendê-lo.
    Ou foi até um Pronto Atendimento e também não havia médico para atendê-lo, porque dos 4 médicos de plantão, só um foi trabalhar e estava atendendo os internados.
    Discordo de muitos almofadinhas que aprovam esse tipo de investimento e concordo plenamente com nosso amigo Rafael de Oliveira que está de parabéns pelo ótimo blog.

    ResponderExcluir
  4. Agradeço o elogio e acho legal o que você disse e agradeço o comentário.

    Eu acho muito bom o Brasil ter um trem-bala e diminuir este fluxo. Mas é mais importante, como você também disse, um Brasil para todos: Hospital de Qualidade, Escolas que visam o futuro e infraestrutura e qualidade de vida.

    O Brasil ganharia até mais como um "País sem favelas" e de "qualidade de vida" do que "um país com trem-bala".

    ResponderExcluir

Clique aqui para deixar um comentário. Caso você não tiver uma conta Google, assine o seu nome abaixo.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Curta o nosso site com o facebook e Google+