quarta-feira, 24 de junho de 2009

A Imprensa brasileira...

A Mídia Negativa do Brasil...

http://elenajorreto.files.wordpress.com/2009/04/sen1.jpg

(Rafael Oliveira, Brasília) O presidente Luiz Inácio Lula da Silva, durante esta semana, criticou a imprensa brasileira por privilegiar fatos negativos do Brasil sobre os acontecimentos positivos como a diminuição do desemprego e por privilegiar escândalos do congresso. Provavelmente querendo imitar o presidente norte-americano Barack Obama que na semana passada reclamou sobre a pressão negativa da emissora FOX sobre o governo atual dos EUA, nunca apontando os lados positivos feito pelo primeiro presidente negro da América do norte. Na semana passada o presidente Hugo Chavez também rebateu a imprensa e elogiou o colega Obama pelo ato contra a FOX.

Durante POSTs antigos eu comentei sobre a influência da imprensa no governo e na vida dos cidadãos de cada cidade brasileira.

E reparando firmemente os acontecimentos dos jornais fluminenses deste o início deste ano, (e dos passados) eu pude analisar que os jornais brasileiros são 100% sensacionalistas e investem firmemente para a visão negativa, então quando acontece algo bom eles omitem ou olham pelo lado pessimista (Exemplo: O Desemprego diminuiu, ou seja, tem mais pessoas infelizes no emprego)

Por exemplo, quando a árvore da lagoa foi inaugurada (ou quando o Corcovado se tornou uma das sete maravilhas do mundo), os jornais fluminenses colocaram a noticia em letras minúsculas e deixaram noticias da violência em negrito ocupando uma página inteira (na capa), enquanto jornais como O DIA nem se quer anunciaram. Outro fato que analisei é que apenas o jornal O GLOBO possui uma cobertura sobre a candidatura do Rio de Janeiro para as olimpíadas de 2016 (em todo o Brasil), enquanto em Madrid e Chicago a maior parte dos jornais tem um caderno especial. Durante o Réveillon o Jornal do Brasil falou sobre possíveis tiroteios que poderiam acontecer na cidade e publicou as fotos do maior ano novo do Mundo apenas três dias depois do acontecimento. Para ser mais claro, as noticias publicadas nesse blog nunca são vistas pela TV, porque as emissoras de TV querem apenas passar uma imagem negativa da cidade do Rio de Janeiro, como uma cidade perigosa, mas que na realidade está longe de ser a cidade mais violenta do Brasil (Só para ter idéia, São Paulo foi considerada a cidade mais violenta do mundo pela ONU).

E o sensacionalismo se restringe em maior parte ao Rio de Janeiro e outras cidades do sudeste. Só para você ter uma idéia, aqui em Brasília apenas no último ano, várias pessoas já foram assaltadas na praça de alimentação do Shopping Pátio Brasil, um grupo de turistas foram assaltado em frente ao Congresso Nacional em plena luz do dia, pessoas praticam sexo a luz do dia no estacionamento do Pátio Brasil, na praça localizada atrás da Catedral (a Praça Portugal) e no Parque da Cidade (incluindo casos de pedofilia), muitas pessoas são assaltadas continuamente em todo ponto da cidade (principalmente na Comercial Sul), existem tiroteios em bairros nobres, pessoas fumam drogas em plena luz do dia no shopping CONIC, menores de idade entram em cinemas pornográficos e boates do CONIC, prostituição atrás da Esplanada dos Ministérios e no Setor Comercial Sul, lixo no setor bancário, cheiro de urina, ratos na Galeria dos Estados, entre outros (Isso sem contar as cidades satélites). Porém o governo quer permanecer o ideal de certas cidades brasileiras e para valorizar a reputação destas cidades, eles tentam destruir o Rio. (Clique aqui e saiba mais sobre Brasília). Isso sem contar os diversos problemas em São Paulo, Salvador, Recife, Natal, e outras cidades brasileiras.

Voltando ao assunto do início do POST, é uma lástima que a imprensa brasileira realmente não 'credite' o fato do desemprego no Brasil ter diminuído em uma época onde a maioria dos países estão sofrendo um crônico problema de desemprego. Mas o brasileiro também merece saber os podres do senado federal e dos deputados, afinal, nossos impostos estão nisso. Mas realmente não é necessário ligar a TV e somente ouvir desgraças, ou abrir o jornal matinal sem ao amassar sair sangue.

"Não consigo entender porque a predileção pela desgraça. Há tanta coisa boa no cotidiano do povo brasileiro, mas o que está estampado é a desgraça", comentou o presidente Lula em um raro momento inteligente.


Resumindo... A imprensa brasileira deveria valorizar melhor o nosso Brasil, todos os países tem problemas, mas todas as nações sempre mostram o melhor delas para o mundo, diferente do Brasil que em nossos filmes mostra violência, pobreza e atraso tecnológico. E principalmente, vamos lutar para ter um Brasil digno, com uma imprensa a favor do Brasil e políticos com o mínimo de estrutura partidária.

Texto escrito, digitado e postado por Rafael Oliveira, Brasília, 24 de Junho de 2009

9 comentários:

  1. O problema disso tudo não é só da imprensa...E tb do público grande que ela recebe...O programa do Wagner Montes por exemplo sempre esta empatando com a Globo...E o que se vê lá ? SÓ DESGRAÇA !! Os culpados são a imprensa e quem da valor só pra desgraça !!!

    ResponderExcluir
  2. Exatamente Wendell! O problema é quem realmente dá dinheiro para bancar esta imprensa.
    Wagner Montes era para ser o primeiro a preparar as malas para fora do Rio

    ResponderExcluir
  3. Mas também eu acho ridículo o fato da imprensa só dar foco as noticias negativas (que nem eram para ter algum tipo de foco), mas por também omitir as noticias positivas

    ResponderExcluir
  4. È ridiculo mesmo !! Recife é uma cidade mega perigosa,se eu não me engano,o índice de violência lá é altamente superior ao do RJ.Eu particulamente NUNCA VI nenhuma noticia no JN falando sobre a violência de lá.Agora do Rio...Eu to cansado de ver;Tudo bem que o Rio é mais "importante",mas de 10 notícias 9 são ruins...Ai complica né...

    ResponderExcluir
  5. *JN e outros Telejornais.

    ResponderExcluir
  6. FOi como eu disse Wendel... Quantas noticias lemos sobre as olimpiadas do Rio??? Sobre nossas praias e hoteis...]

    Se não só bastassem os jornais, até as novelas e filmes da Globo nao valoriza nossa cidade...

    Enquanto Nova York que é muito mais violento, mas seus filmes sempre terminam todos idolatrando e amando a cidade, levantando a bandeira dos EUA, enquando o do Rio nao mostra nossas belezas e sensacionaliza as favelas, violência e pobreza.
    A mídia brasileira é podre...

    ResponderExcluir
  7. Eu concordo plenamente! e a culpa é do Rio tb! O fluminense e em especial o carioca precisa ententer que somos o segundo estado mas importante e a segunda capital mais rica... Tudo que se passa nos nossos jornais vai para fora do estado e para fora do país... volta e meia ta falando na tv sobre assaltos de dois anos tras uhauhauha a uns 5 anos atras chegou ao pico em que até assalto na padaria era capa de jornal O.o

    ResponderExcluir
  8. E somos a cidade mais importante do Brasil, apesar de não ser a mais rica, mas somos a cidade espelho do Brasil.

    Antes o Brasil tinha uma imagem mais positiva, hoje lá fora todos acham que o Brasil é uma cidade de favelas, mato, roça, pobreza e atraso social.

    Eu já ouvi tantas barbaridades de lá fora como pessoas que acham que o povo do Brasil nao tem carro e estas coisas

    ResponderExcluir
  9. E se tem um programa que eu acho que deveria encerrar é este do Wagner Montes... Quanto lixo cultural...

    ResponderExcluir

Clique aqui para deixar um comentário. Caso você não tiver uma conta Google, assine o seu nome abaixo.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Curta o nosso site com o facebook e Google+