terça-feira, 5 de maio de 2009

Carga Horaria do Ensino Médio poderá aumentar...

Ensino Médio poderá ter aumento de carga horária para 3 mil horas/aula

http://static.panoramio.com/photos/original/10462477.jpg

Educação é a chave para o crescimento de um país.
Podemos ver por exemplo o Japão que estava arrasado após a segunda guerra mundial e investiu o empréstimo ganhado na educação.
Ou até a Coreia do Sul que arrasada em corrupção e um subdesenvolvimento comparado a países do Oriente Médio, investiu o pouco dinheiro do PIB na educação.
O que esses dois países tem em comum?
Ambos se tornaram símbolos da renda per cápita e PIB mundial.

O Ministério da Educação nesta semana estabeleceu um novo currículo para o ensino médio, na qual escolas federais também participarão.

Ontem, o Ministério também ofereceu um novo método de ensino, onde haveria 12 matérias tradicionais, onde os alunos poderiam escolher entre diversas matérias, onde cada matéria irá valer uma certa quantidade de pontos e será somado no total para aprovação anual.

Outro projeto é aumentar a carga horária de 2,4 mil horas/aulas para 3 mil horas/aulas.

Em 2010 cerca de 300 escolas, no qual serão investidos cerca de R$ 100 milhões para esse piloto. O ministério, no entanto, já diagnosticou que o ensino médio vive uma crise, que segundo o Ministro, não só de falta de qualidade, mas também de falta de identidade. Espremido entre o ensino fundamental e o ensino superior, o nível médio carece de uma função mais clara.

Talvez seja o piloto para inicio de uma nova era na educação brasileira.
E espero que em breve esse projeto chegue também para o Ensino Fundamental...


Texto escrito e postado por Rafael Oliveira, Brasília, 05 de Maio de 2009
Foto do Colégio Pedro II, um dos mais tradicionais do Brasil, localizado no Rio de Janeiro

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Clique aqui para deixar um comentário. Caso você não tiver uma conta Google, assine o seu nome abaixo.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Curta o nosso site com o facebook e Google+