sexta-feira, 6 de março de 2009

Primeiro Ministro da Holanda no Rio de Janeiro

Estado se reúne com integrantes da missão holandesa para o Brasil

http://tbn1.google.com/images?q=tbn:MMAd7OFwL7bi6M:http://www.typically.nl/wp-content/uploads/2008/08/jp_balkenende.jpg

A missão econômica da Holanda, dirigida pelo Ministro de Transportes, Obras Públicas e Manejo da Água dos Países Baixos, Camiel Eurlings, ainda está no Rio de Janeiro. Na tarde desta sexta-feira (06/03), o ministro e sua delegação, composta por mais de 60 empresas holandesas, participaram do almoço realizado na sede da Firjan (Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro), no Centro. O evento foi oferecido pelo embaixador dos Países Baixos no Brasil, Onno Hatti van't Sant, e teve a presença do secretário Estadual de Transportes, Julio Lopes, representando o governador Sérgio Cabral. É a primeira vez que representantes holandeses realizam uma grande missão no estado. Eles estão participando de reuniões de negócios com empresários do Rio.

Nesta semana (04/03), Cabral discutiu assuntos, como a crise econômica global, mudanças climáticas, livre comércio e a situação atual dos países em desenvolvimento, com o primeiro-ministro da Holanda, Jan Peter Balkenende, o ministro Camiel Eurlings e sua delegação, no Palácio Laranjeiras. Durante o encontro, Jan Peter Balkenende ressaltou o interesse holandês na indústria de petróleo e gás do Rio e se disse muito bem impressionado com a Petrobras. Ele confirmou investimentos de 4 bilhões de euros no Brasil, o que, em reais, significa mais de 10 milhões, um valor muito superior ao que foi investido na China.

Para o secretário Julio Lopes, a Holanda pode contribuir muito com o estado do Rio. Ele ressaltou o conhecimento holandês na área marítima, como competitivo fornecedor para o setor . O país é conhecido mundialmente por suas embarcações complexas, em especial as de dragagem, barcos de alta velocidade e navios. Além disso, a Holanda conecta produtores do mundo inteiro através de 15 portos, distribuídos em quatro áreas principais.

- O porto de Roterdã está entre os cinco maiores do mundo e o complexo portuário de Amsterdã está localizado próximo ao maior terminal europeu de cargas e passageiros, o Aeroporto Schiphol. Os portos permitem um acesso eficaz ao interior da Europa através de excelentes estradas e ferrovias. Além disso, as empresas holandesas são fortes em projetos de infraestrutura, consultoria de engenharia e treinamento, e no fornecimento de tecnologia – comentou Julio Lopes. – Estamos muito otimistas com esta parceria.

Texto extraido de JB, 6 de Março de 2009

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Clique aqui para deixar um comentário. Caso você não tiver uma conta Google, assine o seu nome abaixo.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Curta o nosso site com o facebook e Google+