domingo, 1 de março de 2009

Campus da Cidade Universitária da UFRJ ganhará investimento e modernização...

Projeto da UFRJ quer atrair comerciantes e criar ciclovia, parque e pólo esportivo abertos a todos os cariocas

http://odia.terra.com.br/rio/foto/09/03/01_fundao.jpg

A UFRJ já possui a maior Cidade Universitária do país, sendo maior até mesmo que o bairro de Copacana. Tudo isso dentro da mais conceituada faculdade do Brasil, além de ser o melhor curso de bio-medicina da América Latina. Conhecida mundialmente como a "Universidade do Brasil" e por se destacar mundialmente em diversas áreas da biologia, medicina, história, astronomia e geologia.

Mas vamos deixar a história de lado e vamos logo falar de uma boa noticia para o Campus do Fundão (Ilha do Governador) que segundo o diretor da UFRJ, em menos de uma década será um campus totalmente diferente.

A Cidade Universitária da UFRJ será transformada em uma região de convivência com cinemas, museu, biblioteca, parques, pólos esportivos, comércio, farmácias, papelarias, restaurantes e até uma orla com ciclovia. Além de ser uma faculdade totalmente ecológica, sem deixar a modernidade da grande UFRJ de lado, como também a construção de um Parque Ecológico até a orla. A idéia é ter um jardim botânico e promover espetáculos e feiras ao ar livre.

A primeira fase que estará finalizada em 2012, está avaliada em R$ 86 milhões, incluindo uma expansão de prédios acadêmicos, a construção do Terminal de Integração de transportes e de 1.500 residências para estudantes. O projeto de mudanças completo, em três etapas, prevê a conclusão das intervenções em 2020.

“A idéia é integrar a cidade e os cariocas à UFRJ. Queremos que a população do Rio se apodere desse espaço, e para isso precisamos transformá-lo em um lugar mais atraente”, indica o arquiteto e urbanista Pablo Cesar Benetti.

Outro projeto para o local é a futura estação da SuperVia, que pode ficar pronta até 2016 — ficariam os principais equipamentos de esporte e lazer.

No Centro de Entretenimento e Lazer haverá ginásio poliesportivo com capacidade para 5 mil pessoas, pista olímpica de atletismo, estádio aquático e campo de futebol profissional, além de auditórios, biblioteca, museu e cinemas. “Ao inserir a UFRJ no circuito cultural do Rio abriremos o campus para que alunos do Ensino Médio e Fundamental façam visitas guiadas e se familiarizem com o ambiente universitário”, aponta Benetti.

Também será construído um trem de levitação magnética, para deixar os carros o mais distante da ilha. E haverá também barcas para o campus.

Texto escrito por Rafael Oliveira, 1º de Março de 2009.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Clique aqui para deixar um comentário. Caso você não tiver uma conta Google, assine o seu nome abaixo.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Curta o nosso site com o facebook e Google+