quarta-feira, 25 de fevereiro de 2009

Novos projetos para renovar joias urbanas do Rio de Janeiro...

Projetos prometem renovar sedes do Fluminense, Parque Lage e palácios Laranjeiras e Guanabara

http://farm3.static.flickr.com/2293/2333579178_4967f501a5_m.jpg

Quatro palácios ou palacetes na Zona Sul do Rio estão para ganhar projetos de restauração que prometem deixá-los como novos. Os contemplados são a sede do Clube Fluminense, a Escola de Artes Visuais do Parque Lage e os palácios Laranjeiras e Guanabara, informa reportagem publicada no Jornal O Globo nesta quarta-feira. O projeto de restauração do Parque Lage, por exemplo, prevê, na cobertura, a construção de um "living-mirante", onde serão instalados bancos e mesas de frente para as melhores vistas, e uma cobertura em lona sobre um espaço de 150 metros quadrados que poderá ser utilizado para aulas e palestras. No primeiro pavimento, o Salão Nobre será utilizado como auditório e uma biblioteca será montada onde originalmente era o salão de jantar dos antigos donos. O quarto que pertenceu à cantora de ópera Gabriella Bensanzoni será inteiramente restaurado e abrigará uma sala vip para reuniões.

De cima a baixo, o projeto de restauração da Escola de Artes Visuais do Parque Lage prevê um redesenho do espaço. As obras, segundo a secretária estadual de Cultura, Adriana Rattes, devem começar ainda no primeiro semestre de 2009. O projeto, do arquiteto Rodrigo Azevedo, prevê restaurações nas redes elétrica e hidráulica, além da reforma do palacete. Também foram planejadas a instalação de um elevador para interligar o subsolo ao terraço e a construção de novos banheiros, inclusive para portadores de necessidades especiais. O prédio vai ganhar um "teto verde" (superfície gramada sobre o ateliê de pintura para proporcionar seu resfriamento) e uma cisterna para armazenar água proveniente das chuvas, que será usada em descargas de vasos sanitários, rega de jardins e limpeza. Estão previstas, ainda, novidades nas cavalariças, que serão utilizadas como o principal espaço de exposição da EAV. Na ala esquerda, será instalado um bistrô. Tudo já foi aprovado pelo Inepac e pelo Iphan. Numa segunda fase, a ideia é restaurar o jardim e construir um possível anexo.

Já o Fluminense tem dois projetos de reforma em estudo na vice-presidência de patrimônio do clube. O primeiro está em fase de captação de recursos no governo federal, através da Lei Rouanet de incentivos fiscais, e apenas revitaliza a sede, mantendo as características do projeto original. A segunda proposta, que depende da aprovação do conselho diretor, prevê a construção de uma arena multiuso exclusivamente para sócios e uma piscina no campo onde hoje o time treina, quando o departamento de futebol for transferido para Xerém, em Caxias, no fim deste ano ou no início de 2010.

No projeto de melhorias da sede, que tramita no governo federal, estão previstas intervenções no telhado da arquibancada (conserto de infiltrações, revisão em estruturas de madeira e metal e nova iluminação), no telhado da sede social (descupinização, instalações elétricas e hidráulicas e ar-condicionado) e no salão nobre (recuperação e limpeza dos vitrais, restauração das luminárias, novo projeto de luminotécnica e reforma das esquadrias em madeira).

O Palácio Laranjeiras, usado pelo atual governo do estado apenas para reuniões, será alvo de um minucioso processo de restauração para passar a hospedar, como no passado, convidados ilustres. Orçado em R$ 15 milhões, o projeto de restauração também espera recursos através da Lei Rouanet. Estão previstas a recuperação de obras de arte, vitrais, estátuas e telhados, além da reforma da parte residencial. As obras, que devem começar ainda no primeiro semestre deste ano, ficam prontas em 12 meses. Segundo o chefe da Casa Civil do governo estadual, Regis Fichtner, após a reforma o palácio poderá hospedar chefes de Estado.

Leia a íntegra desta reportagem na edição digital do O GLOBO

Texto escrito por O Globo, 24/02/2008
OBS: Os direitos dessa reportágem pertencem exclusivamente ao O GLOBO, o blog do Rafael não se responsabiliza pelo uso não autorizado por fins comerciais e profissionais de acordo com as regras estabelecidas pelo jornal carioca.
Foto: Palácio das Laranjeiras, Rio de Janeiro, RJ, Brasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Clique aqui para deixar um comentário. Caso você não tiver uma conta Google, assine o seu nome abaixo.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Curta o nosso site com o facebook e Google+