segunda-feira, 24 de novembro de 2008

Zona Portuária irá ganhar até Shopping Center

Revitalização do porto começa com reforma na área de desembarque de navios: projeto prevê shopping e restaurantes

http://www.rio.rj.gov.br/ipp/memoria/pracamon/images/pracamaua.jpg


A Zona Portuária do Rio de Janeiro que antes era conhecido pelo descaso e abandono, agora está se tornando em novo polo de modernização da cidade, começando pela reforma dos armazéns que é ponto inicial das obras de revitalização do cais do porto.

A execução do projeto começou por iniciativa da empresa Píer Mauá, que administra o terminal de passageiros.

A Cidade da Música projeto de César Maia foi um dos pontos iniciais, que embroa não deu muito certo, mas ajudou a dar um pontapé inicial a modernização da região. Depois começa o projeto da construição do maior aquario subterrâneo da América Látina, o famoso AquaRio.

E agora o cronograma da obra prevê que, em no máximo dois anos, cinco armazéns de carga, abandonados há duas décadas, sejam transformados em shopping, restaurantes, bares e lojas, a exemplo dos portos revitalizados em cidades como Nova Iorque e Barcelona.

A obra mais adiantada é a do armazém 2, que será integrado ao terminal de desembarque da estação de passageiros. O espaço tem ar-condicionado central, piso de granito, novos balcões de check-in, novos banheiros e modernos equipamentos de segurança.

Os armazéns 4 e 5 serão destinados ao lazer. Um deles vai abrigar o shopping e os outros dois, bares ao ar livre, com mesas e cadeiras dispostas na beira do cais e com vista para a Baía de Guanabara. “A idéia é unir modernidade e História e transformar essa área em referência de lazer e divertimento para turistas e cariocas”, disse o presidente da Píer Mauá, Luiz Antônio Cerqueira. “Somos o braço privado da revitalização da Zona Portuária do Rio. O objetivo é fazer do porto um dos mais importantes pontos turísticos da cidade”, acrescentou Cerqueira.

Um interesse particular do prefeito eleito Eduardo Paes também é transferir seu gabinete para o prédio da antiga Inspetoria Federal dos Portos, na Praça Mauá. Segundo Paes, a instalação do gabinete na região serviria para simbolizar o compromisso da prefeitura com o projeto. Além do gabinete do prefeito, ficariam na Praça Mauá também os órgãos responsáveis pela revitalização da Zona Portuária.

A novidade do projeto, adaptada à arquitetura original do cais do porto, é a instalação de portões transparentes, entre os armazéns, que, além de facilitar o acesso dos passageiros ao cais, permitirá a quem passa pela Avenida Rodrigues Alves ter a visão privilegiada da baía.

O armazém 3 será utilizado como estacionamento para veículos leves de turistas que desejarem deixar seus carros, durante o período de duração dos cruzeiros, como ocorre nos maiores portos do mundo. E em armazéns do lado estão sendo construídos estacionamentos.


Estamos torcendo para que o porto do Rio de Janeiro seja referência novamente ao mundo inteiro, não só pelo porto em si, mas também por toda a zona portuária.



Post de Rafael Oliveira e Amanda Pinheiro, 24 de Novembro de 2008

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Clique aqui para deixar um comentário. Caso você não tiver uma conta Google, assine o seu nome abaixo.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Curta o nosso site com o facebook e Google+