segunda-feira, 1 de setembro de 2008

Brasil atrasa o Rio de Janeiro....

Rio de Janeiro tem bons projetos para melhoria da cidade, mas a maioria é vetada pelo Governo Federal
OBS: Com o dinheiro do Rio de Janeiro
TEXTO DE RAFAEL OLIVEIRA

Câmera dos Vereadores do Rio de Janeiro por você.

Meu comentário de hoje é algo muito sério, mas real.
A verdade que o Rio de Janeiro seria uma cidade de primeiro mundo comparada a Chicago, Seattle e Melbourne, mas não é graças ao governo federal.

Começando que o Governo Federal investe arduamente na difamação da capital fluminense.
E recebe a bela e dramática participação da mídia brasileira, principalmente os jornais cariocas EXTA, O DIA e na dianteira O GLOBO, sem contar os jornais paulistas DIARIO DE SÃO PAULO e ESTADO DE SÃO PAULO (Estadão), estes dois últimos falam mais sobre o RJ que a própria cidade que deveria falar.

O que me revoltou foi ler hoje a seguinte manchete no O GLOBO:
"Madonna faz cariocas perderem a noção do perigo nesta madrugada pela compra dos ingressos no Maracanãzinho", caramba! Alguém perguntou algo a eles? Alguém foi assaltado? A resposta foi não! Enquanto isso ninguém falou que esta semana um garoto foi morto por criticar a Madonna no ABC Paulista.

Mas o tema de hoje é a CONSTITUIÇÃO FEDERAL, como dito anteriormente o Governo Federal respeita carinhosamente o parágrafo que diz que eles devem lutar contra a pobreza.

E o tema central de hoje é baseado em uma reportagem do Jornal O Globo neste link que resume que muitos projetos da câmara dos deputados do Rio de Janeiro foram proibidos pela justiça brasileiras.

Eis a lista:

1) Semana Marechal Hermes: Semana cultural para estudo histórico
(Adelino Simões)
2) Construção de cursos pré vestibulares na rede publica do Rio de Janeiro
(Adilson Pires)
3) Construção de um viaduto sobre a linha do metrô, no bairro de Inhaúma para melhoria do trânsito e segurança.
(Aloisio Freitas)
4) Investir no Hospital municipal Salgado Filho para ser referência nacional em medicina hiperbárica e de oxigenioterapia
(Aloisio Freitas)
5) Colocar alguns postos de saúde para funcionamento 24hs
(Lei 3937/2005)
6) Criar programa de apoio a pacientes com asma
7) Investimento em inclusão digital
8)
construção de biblioteca pública no bairro de Jardim Sulacap (Lei 3934/2005)
9) Criação do grupamento de guarda montada (lei 4236/2005)
10) Torna obrigatória a realização anual de avaliação clínica oftalmológica e otorrinolaringologia para os alunos das escolas da rede pública municipal e dá outras providências (Lei 4359/2006)
11) Transporte especial gratuito para deficientes físicos (Lei 4373/2006)]
12) Cria o programa de prevenção das doenças cardiovasculares na infância e adolescência na rede pública de saúde e de educação e dá outras providências (Lei 4479/2007)
13) Torna obrigatória a realização anual de avaliação nutricional para os alunos das escolas da rede pública municipal e dá outras providências (lei 4638/2007)
14) Cria o programa de apoio aos portadores de asma e dá outras providências (Lei 4573/2007)
15) Construção de um colégio para crianças especiais e superdotadas
16) Criação de um hospital para portadores de AIDS (Lei 3946/2005)
17) Construção de um hospital geriátrico
18) Construção de um hospital veterinário 24hs (Lei 4244/2005)
19) Lei que cria programas esportivos nos fins de semanas em todas as escolas do Rio de Janeiro (Lei 3920/2005)
20) Construção de um complexo esportivo para moradores de cidade de deus (Lei 4046/2005)
21) Programa de Educação Alimentar Obrigatório em todas as escolas (Lei 4096/2005)
22) Emancipação do sub-bairro do Horto no Jardim Botânico
23) Lei que torna obrigatório ser posto o nome da escola nos uniformes da rede municipal
24) Criação de um bairro de cinema(4111/2005)
25) Criação de festivais de concursos de novos artistas nas escolas
26) Construção da Policlínica municipal de Jacarepaguá
27) Um projeto aprovado pela câmara do Rio de Janeiro e vetada pelo TJ foi o desconto a doadores de sangue em pontos turísticos da cidade do RJ.
28) Proíbe publicidade nas ruas com qualquer assunto de prostituição
29) Criação de uma central de pesquisas cientificas sobre o lixo.
30) A implantação um programa de emergência de combate à fome no município e dá outras providências (Leii 4307/2006)
31) A constituição proibiu a parceria entre Rio de Janeiro e Seul.
32) Construção de vila olímpica na rocinha
33) Institui o programa de iluminação pública em passarelas e dá outras providências (Lei 3901/2005)
A lista é grande, mas se for falar de todos não terminaria hoje.



Tudo isso seria construído com dinheiro do Rio de Janeiro e serveria para a melhoria da cidade, mas todas foram proibidas pelo TJ por ser inconstitucional.

Precisa dizer mais algo???


Isso sem contar as empresas que eram para estar no RIo de Janeiro foi distribuidas ou mandadas para São Paulo.
As empresas criadas pelo Rio de Janeiro foram para Brasília.
E por aí vai...




Texto de Rafael Oliveira, Rio de Janeiro, 1º de Setembro de 2008
Reportagem baseado na reportagem "As leis julgadas inconstitucionais no Rio", publicada em 31 de Agosto de 2008 no O Globo.

Foto: Câmara dos Vereadores do Rio de Janeiro, Palácio Pedro Ernesto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Clique aqui para deixar um comentário. Caso você não tiver uma conta Google, assine o seu nome abaixo.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Curta o nosso site com o facebook e Google+